InícioLazer e Cultura15ª Relva reúne gastronomia, arte, música e design em um único evento

15ª Relva reúne gastronomia, arte, música e design em um único evento

- continua após a publicidade -

As feiras colaborativas estão ganhando espaço e força em Ribeirão Preto. Com participação de diferentes artistas, elas se tornam uma forma de estimular e fortalecer a economia criativa local. A Relva, uma iniciativa do coletivo Paralelo, serve como uma plataforma para expositores e produtores da cidade e região mostrarem e comercializarem o seu trabalho. A 15ª edição acontecerá neste sábado, 6 de abril, das 16h às 21h, e mantém o propósito de oferecer um evento que une exposição e venda de trabalhos artesanais de caráter criativo com apresentações musicais de DJs locais, tudo em um ambiente descontraído e aconchegante.

Nessa edição, a feira volta a se encontrar na Casa da Memória Italiana dando continuidade à parceria e à ocupação do quintal do instituto, que é uma entidade privada, sem fins lucrativos, fundada em 2013 no centro de Ribeirão Preto.

A Relva trará ao público oficinas de artesanato para incentivar o interesse pelo “faça você mesmo” e aprofundar o contato do público com a produção lenta, manual e cuidadosa. A ação prioriza empreendimentos que desenvolvam produtos de maneira mais artesanal, de pequena tiragem, ou seja, trabalhos cuidadosos, exclusivos e de melhor qualidade. Outra característica é ser uma feira itinerante que tem como objetivo acontecer em vários lugares do município e, assim, valorizar a arquitetura da cidade e motivar o olhar do público. O resgate da arquitetura, decoração, do feito à mão, do reavivamento de histórias, técnicas e valores permitem fugir da cultura de consumo em massa e é esse o caminho que a Relva segue desde seu início, há três anos.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A feira já sediou oficinas de bordado, encadernação manual e carimbos com borracha, por exemplo. Somadas todas as edições, já contou com mais de 75 expositores das diversas áreas que engloba. Já passaram cerca de 2 mil visitantes e a expectativa da organização é que o número de frequentadores cresça a cada edição. A Relva acredita que regando com carinho todos podemos florescer juntos e motivar cada vez mais o trabalho de pequenos, e incríveis produtores. Valorizar o que foge do automático e massivo e movimentar a cena cultural da cidade.

 

Casa da Memória Italiana

O objetivo do local é a promoção e preservação da história da imigração italiana, com ênfase na região de Ribeirão Preto, por meio da realização de atividades museológicas especialmente voltadas para os espaços da sede. Quem a visita pode se encantar pelo seu acervo composto pela estrutura arquitetônica, decorativa e mobiliária original da década de 1920.

Durante a edição da Relva, a Casa da Memória Italiana reservou três horários para visitação guiada e gratuita: 16h30, 18h30 e 19h30. Para reservar sua visita inscreva-se no link:  http://bit.ly/visitarelva15. São 15 vagas por horário.

 

Serviço:

 15ª Relva

Data:6 de Abril

Horário: das 16h às 21h

Local: Casa da Memória Italiana

Endereço: Rua Tibiriçá, 776

Entrada Gratuita

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -