InícioBlogsEDALA - Dança Artes e PilatesHoje é o dia da dança: Veja os benefícios para adultos e...

Hoje é o dia da dança: Veja os benefícios para adultos e crianças

Para comemorar o dia da dança tem bolsa de estudo integral para você, ou caso queira presentear. Confira

- continua após a publicidade -

Nos tempos atuais, uma ótima forma de socialização e Dançar faz bem ao corpo, à alma e à mente.

Além de ser uma atividade física que ajuda a ficar em dia com a balança, dançar é terapêutico e espanta o estresse do dia a dia.

Para o sorteio acesse : https://www.instagram.com/edalarp/

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A professora Lorraine Aiello, professora de Expressão Corporal e Danças de Salão para crianças e adultos em Ribeirão Preto, explica que dançar pode ser uma ótima atividade física. Envolvendo som e ritmo, a prática exige intensa movimentação do corpo e proporciona o gasto de energia por meio de gestos, posturas e movimentos.

Juliana ressalta que a dança permite a realização de exercícios de equilíbrio e de postura, saltos, passos e giros que ajudam a ficar em dia com a balança.

“Com a prática, aperfeiçoam-se técnicas corporais básicas como correr, rolar, parar, saltar, puxar e empurrar. Só para se ter ideia, uma hora de forró chega a queimar 300 calorias. Já a zumba, dança popular da vez, vai mais longe e manda embora pelo menos 400 calorias por hora”, destaca.

A dança é uma atividade física indicada para todas as faixas-etárias. “A idade não é um fator que atrapalhe quem deseja ingressar no universo da dança. Os mais jovens e os mais velhos podem e devem entrar na dança. Cabe aos profissionais adaptarem os passos às limitações físicas de cada aluno”, completa Juliana.

A educadora física ressalta a importância da permanência nas aulas para manter o condicionamento físico. Portanto, para quem quer ir além da prática esporádica, a dica é escolher o estilo da dança pelos gostos pessoais e afinidade com o ritmo, não apenas pelo gasto calórico proporcionado. E, para prevenir lesões, recomenda-se lubrificar as articulações antes da prática e, ao final, fazer alongamento e relaxamento.

Apesar de adorar dançar, Mara Raymundo (foto) começou a dançar como forma de exercício físico para melhorar picos de pressão que tinha por conta da vida agitada. “Não queria tomar remédio, então fui dançar e hoje tenho a pressão normal”, justifica Mara. Mas não foi só a pressão da Mara que melhorou. “A memória melhorou, decorando os passos da dança, e a relação com os outros também, além do humor, do sono e da disposição. Me sinto como se tivesse 15 anos”, comemora. Há um ano e meio ela dança duas horas por dia, três vezes na semana, e ainda sai para dançar com os amigos nos fins de semana. “A música eleva, inspira”, completa.

arquivo pessoal
foto https://www.facebook.com/edalarp

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

A população insistem em votar errado e Ramon Faustino (Psol) continua sendo processado

Nova audiência foi marcada para o dia 06 de outubro, para ouvir o depoimento das ex-assessoras

Centro de Qualificação prorroga inscrições para cursos gratuitos

São 278 vagas disponíveis com inscrições online até 29 de setembro com barbearia, informática básica, excel, word básico, jardinagem e paisagismo e muitos outros

Circuito SP promove atração gratuita no Teatro Municipal

Peça mostra o encontro da Rainha Elizabeth I com o dramaturgo William Shakespeare

Cruzamento em Ribeirão Preto recebe obra da artista Elisa Bracher

Obra está sendo instalada no cruzamento das avenidas João Fiusa e Independência; escultura deve ser inaugurada na quarta-feira, 28

Giorgia Meloni deve liderar Itália após vitória eleitoral da direita

Giorgia Meloni se tornará a primeira mulher premiê da Itália
- PUBLICIDADE -