InícioRegiãoSão CarlosEnquanto Ribeirão dorme S. Carlos recebe primeiro voo internacional

Enquanto Ribeirão dorme S. Carlos recebe primeiro voo internacional

- continua após a publicidade -

O Aeroporto Mário Pereira Lopes, em São Carlos, recebeu nesta quinta-feira (21), a aeronave da LATAM, Airbus A319, prefixo HC-CPZ, vinda do Equador, que realizou todo o desembaraço aduaneiro no próprio aeroporto. O fato, inédito na região, marca a internacionalização e o alfandegamento da pista do aeroporto de São Carlos e torna o Centro de Manutenção da LATAM (MRO) mais competitivo mundialmente.

Administrado pelo DAESP (Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo), braço aeroportuário do Governo de São Paulo, o aeroporto de São Carlos é o primeiro da rede a receber operações internacionais. O Departamento administra ao todo 20 aeroportos paulistas, e realiza estudos para definir o melhor modelo de desestatização dessas unidades.

No caso de São São Carlos, após solicitação do DAESP, a Agência Nacional de Aviação Civil expediu a portaria 3.988, no dia 01 de dezembro de 2017, e publicada no Diário Oficial da União no dia 6 de dezembro, autorizando o aeródromo a operar “serviços aéreos privados destinados à entrada ou saída de aeronaves procedentes do exterior ou a ele destinados, para serem submetidas à prestação de serviços de manutenção e reparo”.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Ao longo da etapa de internacionalização de São Carlos, o processo passou pela análise e aprovação de quatro órgãos federais, os quais instalarão operações específicas no aeroporto para alfandegamento das aeronaves: Ministério da Agricultura, por intermédio do?Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (VIGIAGRO), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA, a Receita Federal do Brasil e a Polícia Federal.

A internacionalização eliminou a necessidade de nacionalização para voos “ferry” destinados ou originados em São Carlos, o que implicava na obrigatoriedade de mais um pouso em outro aeroporto internacional. Atualmente, a prestação de serviços de manutenção e reparos de aeronaves é a principal motivação para a operação de aeronaves de grande porte no aeroporto, uma vez que a LATAM mantém seu principal Centro de Manutenção de Aeronaves instalado em área contígua ao aeródromo.

As operações internacionais aumentarão a competitividade do centro de manutenção brasileiro frente ao de outros países, já que os custos operacionais serão cerca de 9% mais baratos, levando-se em conta diárias, gastos com combustíveis, pousos e decolagens. Com custos menores, a expectativa da LATAM é ampliar a prestação de serviços de manutenção pela conquista de novos contratos também junto a outras companhias aéreas estrangeiras.

O crescimento dessas atividades contribuirá para fortalecer ainda mais a posição da região de São Carlos e Araraquara como polo relevante da indústria aeronáutica brasileira. A região já é reconhecida pela formação de engenheiros e profissionais especializados, com cursos reconhecidos em universidades públicas (USP e UFSCar) e escolas técnicas, e conta com uma unidade industrial da Embraer instalada em Gavião Peixoto.

Perfil São Carlos
O Aeroporto Estadual de São Carlos opera com aviação geral (executiva), além de atender empresas com foco na manutenção de aeronaves. Em 2017, foram registrados 1.700 embarques e desembarques e 2.057 pousos e decolagens, e em 2018, 866 embarques e desembarques e 1.636 pousos e decolagens.

O aeródromo integra a rede do DAESP, que administra 20 aeroportos no Estado. Deste total, 15 atendem a aviação geral (executiva, táxi-aéreo e aerodesportivo) e seis operam com aviação regular (comercial).

 

 

 

Fonte: saocarlosagora.com.br

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

O nosso adeus a Miguel Liporassi

Ribeirão Preto perde Miguel Liporassi: Não era polêmico nem agressivo, era respeitado pela qualidade, voz e equilíbrio nos comentários. E pela postura com os colegas, leal, ficava longe das intrigas de bastidores.

PREVISÕES DO TAROT EM JULHO DE 2022

As previsões para Julho de 2022, trazem transformação nas finanças, amor, relação familiar

Vice de Lula tem novamente bens bloqueados pelo Ministerio Publico

Justiça Eleitoral determina bloqueio de R$ 11,3 milhões em bens de Geraldo Alckmin no caso Odebrech

Multas no corredor de onibus da Vargas começa nesta Segunda-feira (4)

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, transitar pela faixa exclusiva de ônibus é considerada infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Congresso mundial online reunirá milhões de pessoas para falar sobre “paz”

Como sentir paz e tranquilidade apesar dos desafios provocados pelo aumento do custo de vida, da violência, dos desastres naturais, do ódio e das guerras?
- PUBLICIDADE -