InícioSaúdeSegundo Governo de SP, Ribeirão Preto tem má qualidade no tratamento do...

Segundo Governo de SP, Ribeirão Preto tem má qualidade no tratamento do covid

Ribeirão Preto não aparece no ranking, sendo inexplicável se comprarmos com a proximidade de Araraquara e São Carlos que estão entre as melhores do estado.

- continua após a publicidade -

Em coletiva de imprensa nesta terça (14), o secretário Marco Vinholi e integrantes do Governo de São Paulo abordaram a situação atual e as medidas tomadas contra a disseminação da pandemia no território paulista.

O secretário Vinholi anunciou na ocasião os dez municípios com a menor letalidade pelo coronavírus em todo o estado: “As cidades com população superior a cem mil habitantes que lideram esses bons indicadores são:

arquivo

Araraquara (1,17%), Taubaté (1, 89%), Bauru (2,06%), Botucatu (2,14%), São Carlos (2,37%), Presidente Prudente (2.39%), Bragança Paulista (2,57%), São José dos Campos (2.73%), Araçatuba (2,9%) e São José do Rio Preto (2,94%).”

Ribeirão Preto não aparece neste ranking, sendo inexplicável se comprarmos com a proximidade de Araraquara e São Carlos.

arquivo

Dois fatores principais explicam os bons resultados nestes municípios:

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

“Primeiro, a qualidade no tratamento de saúde; em seguida, a política de testagem para o vírus, que é fundamental para seguir avançando em todo o  estado junto com nosso programa de rastreamento, anunciado na última semana, que possibilitará melhoras na evolução da pandemia. Com essas ações mantemos o estado com atendimento pleno na área de saúde e com todas as pessoas em condições de atendimento”, afirmou Vinholi.

Quanto à situação epidemiológica na Região de Piracicaba, o Governo está tomando as seguintes medidas para enfrentamento da pandemia.

divulgação

A primeira  medida anunciada pelo Centro de Contingência da Covid-19 foi a inclusão de Piracicaba como região de encaminhamento preferencial para o hospital de campanha do Ibirapuera, na Capital.

No momento, Campinas e Piracicaba são origens preferenciais de pacientes com possibilidade de encaminhamento para o Ibirapuera. Além disso, houve a Implementação de 12 leitos de UTI no Hospital Regional Zilda Arns de Piracicaba.

“É importante ressaltar”, disse o secretário Vinholi, “que tivemos ao longo desses últimos dias o fortalecimento da capacidade hospitalar na região de Piracicaba, que agora conta com o Hospital de Campanha do Ibirapuera, na Capital, como uma referência preferencial.

Além disso, distribuímos 73 respiradores na região e um total de mais de R$ 6 milhões em apoio ao combate do coronavírus.”

Outra medida importante anunciada na entrevista coletiva de hoje (14) no Palácio dos Bandeirantes  foi a liberação de 179 respiradores para todo o estado. No total, o Governo do estado distribuiu até o momento 3.345 respiradores.

arquivo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -