Início Mundo Medo de Terceira Guerra Mundial toma conta das redes sociais

Medo de Terceira Guerra Mundial toma conta das redes sociais

Usuários demonstram preocupação após ataque dos EUA que matou o comandante da força Quds do Irã, Qassem Soleimani

- continua após a publicidade -

O ataque norte-americano que matou o comandante da força Quds do Irã, Qassem Soleimani, na noite de quinta-feira (2), é o assunto mais comentado nas redes sociais.

O presidente do Irã, Hassam Rouhani, declarou que o ataque foi um “ato covarde” e “outro sinal da frustração e desamparo da América na região” e prometeu retaliação pela morte do general.

Segundo o Pentágono, a ação teve como objetivo impedir futuros planos iranianos de ataques e proteger cidadãos norte-americanos no Oriente Médio.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Os usuários nas redes sociais demonstram preocupação sobre a possibilidade de um conflito entre aliados de Washington e Teerã.

Os norte-americanos também usam as redes sociais para expressar o receio sobre a situação

Uma das postagens diz: “guerra mundial 3 é um trending e está me dando tanta ansiedade”

Outra americana diz que a repercussão de uma Terceira Guerra Mundial no Twitter está afetando seu sono.

Donald Trump comentou pela primeira vez o ataque aéreo desta sexta-feira, que resultou na morte do general iraniano Qasem Soleimani e causou alvoroço entre os internautas.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Donald Trump reagiu ao ataque aéreo das forças norte-americanas que provocou a morte ao general iraniano Qasem Soleimani e que escalou as já tensas relações entre Washington e Teerã. “O Irã nunca ganhou uma guerra, mas nunca perdeu uma negociação!”, disparou Donald Trump num tweet com tom de provocação.

A mensagem evoca a possibilidade de um potencial conflito entre os Estados Unidos e o Irã, e com um só tweet Trump alfinetou a Teerã e também ao seu antecessor, Barack Obama.

A referência ao fato do Irã nunca ter “perdido uma negociação” parece relembrar o acordo nuclear estabelecido durante a presidência de Obama. Um acordo que Trump critica sistematicamente, afirmando com frequência que os Estados Unidos saíram perdendo.

“O general Qasem Soleimani matou ou feriu gravemente milhares de americanos durante um longo período de tempo e planeava matar muitos mais… mas foi apanhado! Ele foi direta e indiretamente responsável pela morte de milhões de pessoas”, escreveu ainda Trump na sua conta de Twitter.

“Embora o Irão nunca seja capaz de o admitir adequadamente, Soleimani era odiado e temido no país”, acrescentou o presidente norte-americano, dizendo duvidar de que o povo iraniano esteja tão triste com a morte do general como os líderes gostariam de fazer crer.

O ataque aéreo desta sexta-feira matou pelo menos oito pessoas, entre as quais o general Qasem Soleimani, comandante da força de elite iraniana Al-Quds. O Irão já prometeu retaliar. 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Governo vai socorrer demitidos na pandemia

Ministério da Economia propõe parcela extra do seguro-desemprego a quem deixou o trabalho por causa do vírus chinês

Novembro Azul alerta para diagnóstico e tratamento do câncer durante a pandemia

Ações on-line vão chamar a atenção dos homens para a saúde, já que 50 mil brasileiros deixaram de receber o diagnóstico de câncer na pandemia

Caso Marcius Melhem: De humorista sem graça a assédiador sexual

Estranho é ver os lacradores, que falam em respeito, mas não conseguem o mínimo do que vomitam pelos quatro cantos

Semana ‘Lixo Zero’ em Ribeirão Preto acontece até o dia 1º de novembro

Evento nacional traz atrações gratuitas e inteiramente virtuais

240 mil vagas em cursos gratuitos no primeiro Mutirão de Qualificação profissional de São Paulo

São mais de 30 opções de cursos em áreas como varejo, gestão, tecnologia e economia criativa; oportunidades são voltadas para a qualificação profissional para o mercado de trabalho, a jovens e a quem quer empreender