Início Cidades Vem ai o aniversario de Ribeirão Preto, que tal conhecer um pouco...

Vem ai o aniversario de Ribeirão Preto, que tal conhecer um pouco da historia?

- continua após a publicidade -

Origem do Nome: Nome do “ribeirão” (córrego), que atravessa a cidade, chamado de Preto.
Fundadores:
Os doadores de terras para a formação do Patrimônio de São Sebastião são considerados os fundadores da cidade de Ribeirão Preto e o dia 19 de junho de 1856 a data oficial de fundação (lei Municipal nº 386 de 24 de dezembro de 1954).
Fundadores:: Mariano Pedroso de Almeida e Maria Lourenço do Nascimento; José Borges da Costa e Maria Felizarda; Inácio Bruno da Costa e Maria Izidora de Jesus; Severiano João da Silva e Gertrudes Maria Teodora;
João Alves da Silva e Ana Delfina Bezzera; José Alves da Silva e Pulcina Maria de Jesus.

Doador Extensão
Mariano Pedroso de Almeida e Maria Lourenço do Nascimento 2 Alqueires
José Borges da Costa e Maria Felizarda 9 Alqueires
Inácio Bruno da Costa e Maria Izidora de Jesus 9 Alqueires
Severiano João da Silva e Gertrudes Maria Teodora 12 Alqueires
João Alves da Silva e Ana Delfina Bezzera 30 Alqueires

Santo Padroeiro: São Sebastião

Datas históricas mais importantes
19/junho/1856 – fundação (Aniversário da cidade)
02/abril/1870 – (lei provincial n. 51) criação da Freguesia
12/abril/1871- (lei provincial n. 67) elevação a Vila
04/julho/1874 – instalação do Município (posse dos primeiros vereadores)
25/agosto/1892 – (lei nº 80) criação da Comarca

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Ribeirão Preto ja foi conhecida pelo Brasil e exterior como:
Califórnia do Café – Novo Oeste – Capital do Café – Capital do Oeste – Capital da Cultura – Califórnia Brasileira

Povoamento

Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, década de 1920
Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, década de 1920

Ribeirão Preto no início de sua formação era composto por um conglomerado de fazendas, cortado pela estrada que demandava o Triângulo Mineiro e o Planalto Goiano (Caminho de Goiás), a maioria destas fazendas originara-se do apossamento pacífico de terras que o tempo legitimara e que as heranças consolidaram.

A fazenda Barra do Retiro marcava o centro da área que viria a se tornar o município de Ribeirão Preto, as outras fazendas eram: Palmeiras; Ribeirão Preto ou Pontinha; Retiro; Serrinha; Serra Azul; Tamanduá; Capoeirinha; Figueira; Cravinhos; Cabeceira do Ribeirão Preto; Lageado; Laureano ou Braço Direito do Ribeirão Preto e Sertãozinho.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A maior parte destas terras era ocupada pela família Reis de Araújo, que habitavam esta região desde 1811. Além dos Reis de Araujo, outras famílias, oriundas do sul de Minas Gerais e de Mogi Guaçu, começaram também a povoar a região no início do século XIX, como Borges da Costa, Alves da Silva, Bezzerra Cavalcanti, Nazareth de Azevedo e Soares de Castilho.

Quando fomos Entre Rios
Através da Lei Provincial nº 34, de 7 de abril de 1879, a Vila de Ribeirão Preto passou a ser denominada Entre Rios; após vários protestos dos moradores locais, em 30 de junho de 1881 foi restabelecida a antiga denominação de Ribeirão Preto.

Criação do Município
Através da lei provincial nº 51, de 2 de abril de 1870, foi criada a Freguesia (Distrito de Paz) de São Sebastião do Ribeirão Preto, fixando-se os limites correspondendo aos atuais municípios de Ribeirão Preto, Sertãozinho, Cravinhos, Serrana, Pontal, Dumont, Guatapará e Distrito de Bonfim . Ainda em 1870, no dia 16 de julho foi criada a Paróquia compreendendo os mesmos limites da Freguesia.

Em 12 de abril de 1871, através da lei provincial nº 67, a Freguesia foi elevada a categoria de Vila (município), quando então o território de Ribeirão Preto foi desmembrado do município de São Simão. Apesar da criado em 1871 o município só foi instalado em 1874, com a posse dos primeiros vereadores.
Em 1º de abril de 1889, através da lei nº 88, Ribeirão Preto recebeu o predicado de cidade.

Chegada da Mogiana

Antiga estação ferroviária de Ribeirão Preto, onde atualmente funciona a UBDS Central. Arquivo Público e Histórico de Ribeirão Preto
Antiga estação ferroviária de Ribeirão Preto, onde atualmente funciona a UBDS Central. Arquivo Público e Histórico de Ribeirão Preto

No dia 1º de julho deste mesmo ano realizou-se na Câmara Municipal de Campinas a primeira reunião oficial para organização da Companhia Mogiana, contando com a presença dos principais fazendeiros da região, políticos e capitalistas. A Cia. Mogiana foi organizada pelo capital cafeeiro brasileiro e seus principais acionistas eram os próprios fazendeiros.

Em 25 de abril de 1880 uma lei provincial concede a Cia. Mogiana o privilégio para a construção de uma estrada ligando Casa Branca a Ribeirão Preto, passando por São Simão. Em 23 de novembro de 1883 foi inaugurada a Estação Ribeirão Preto. A primeira Estação foi construída provisoriamente nas proximidades do local hoje ocupado pelo início da Avenida Caramuru.

No final de 1884, foi inaugurada a estação definitiva, localizada próxima às margens do Ribeirão Preto, na atual Av. Jerônimo Gonçalves, de frente para a Rua General Osório; contava com a Seção de Despachos de Encomendas, Área livre para Passageiros, Telégrafo, Sala de Espera e Restaurante.

Visita Imperial
Em 1886, ficava pronto mais um trecho do ramal até Poços de Caldas, da Cia. Mogiana. A inauguração contou com a presença de várias autoridades (Ministro da Agricultura, Presidente da Província: Antônio de Queiroz Telles, etc) e do Imperador D. Pedro II e sua esposa Tereza Cristina, que pernoitaram do dia 24 para o dia 25 de outubro em Ribeirão.
Obs. No Museu Histórico Plínio Travassos dos Santos está em exposição o conjunto de móveis da sala de espera da Cia. Mogiana, adquiridos especialmente para recepcionar o Imperador e sua esposa em 1886.

Imigrantes

Antiga Fazenda Guatapará, com foco nos imigrantes italianos
Antiga Fazenda Guatapará, com foco nos imigrantes italianos

A prosperidade de Ribeirão Preto como novo centro cafeeiro atraiu diversas correntes migratórias, antes e depois da abolição da escravatura (1888). Segundo o censo de 1873, o município de Ribeirão Preto contava com uma população de 5.552 habitantes, sendo 852 escravos.

A partir do final da década de 1880 os imigrantes europeus contavam com subsídio do governo provincial para a compra de passagens até o Brasil.
A maioria dos imigrantes que chegaram ao município de Ribeirão Preto era de origem italiana, em sua maioria das regiões de Veneto, da Lombardia, da Campania e da Calábria.

 

A população estimada pelo IBGE em 2015 é de 666.323, estando no centro de uma região com aproximadamente 3 milões de habitantes.

 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Paulo Betti chama Adélio de ‘desgraçado’ por não ter esfaqueado Bolsonaro ‘corretamente’

Ator da Rede Globo de Televisão lamenta desfecho do atentado contra o então candidato a presidente

Baldy foi preso e denunciado pela Lava Jato mas Doria o recebe de volta ao trabalho

Doria o recebeu de braços abertos, após de Gilmar Mendes, que suspendeu a ação da Lava Jato

Operação contra e sonegação no setor farmacêutico chega a Ribeirão Preto

Batizada de Operação Monte Cristo - 2ª Fase, força-tarefa envolve a Secretaria da Fazenda do Estado de SP, Ministério Público, Receita Federal e Procuradoria Geral do Estado

Duas Luas Cheias de outubro trazem energia de renovação

Sara Koimbra revela rituais para limpeza e purificação

Maus hábitos podem gerar casos de surdez

A perda auditiva, que pode ter origem em função de genética, idade, traumas acústicos e acidentes, também pode ser provocada por maus hábitos como excesso de volume alto ou uso de cotonetes