Início Cidades Especialista da USP de São Paulo analisa madeiramento do Museu Histórico

Especialista da USP de São Paulo analisa madeiramento do Museu Histórico

- continua após a publicidade -

Com o objetivo de diagnosticar a situação do madeiramento do Museu Histórico, a secretária da Cultura, Dulce Neves, convidou o biólogo e químico Sérgio Magno, da Universidade de São Paulo, para fazer uma visita ao local, na tarde da quinta-feira, dia 5.
Especialista em pragas, Magno vistoriou todas as portas, janelas, assoalhos, vigas de sustentação da varanda e caibros do telhado. O laudo deve sair em alguns dias, mas ele adiantou que

“é necessário tratar o problema da umidade antes de qualquer intervenção no local. Mesmo para tratar as madeiras contra cupim, precisa ser feito um trabalho para drenar a água do solo”,

explicou.

“Pedi um laudo ao Sérgio Magno, na área em que atua, mas conversei com outros especialistas de outras áreas, além de órgãos competentes, para entender a situação e gravidade do Museu Histórico. Esse cuidado é necessário quando tratamos de um Patrimônio Público. Com o diagnóstico do madeiramento, laudo técnico da Secretaria de Obras e vistorias dos órgãos competentes, vamos fazer um orçamento e apresentar os custos para a prefeita e para os parceiros da iniciativa privada”,

afirma a secretária da Cultura.
As peças do Museu Histórico serão retiradas aos poucos, para que o local possa receber uma limpeza geral de preparação para o trabalho estrutural.
A visita seguiu para outros prédios como o Palácio do Rio Branco, Centro Cultural Campos Elíseos, e Casa da Cultura, para que recebam também um diagnóstico sobre pragas.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Após auxilio emergencial Bolsonaro cria renda cidadã para 2021

Bolsonaro confirma programa que vai substituir o Bolsa Família

Dia Mundial do Coração conscientiza população sobre problemas cardiovasculares

Em 29 de setembro é comemorado o Dia Mundial do Coração. Criada pela Federação Mundial do Coração com objetivo de conscientizar a população

Suicídio e depressão: questões individuais ou coletivas?

No entanto, quando a Organização Mundial da Saúde declara a depressão como o mal do século e as taxas de suicídio se elevam consideravelmente em épocas de crise e especialmente agora

Mesmo sem isolamento estado de SP completa 10 semanas queda de internações por coronavírus

Indicadores de saúde também apontam que os óbitos voltaram a diminuir, com queda de 16% em relação à semana anterior

Oficina educativa encerra programação mensal do Museu Casa de Portinari

Lúdicas, instrutivas e divertidas, as oficinas são ótimas ferramentas para ensinar conceitos básicos educacionais e sociais às crianças.