InícioLazer e CulturaAcervo do Museu Histórico está em processo de restauro

Acervo do Museu Histórico está em processo de restauro

- continua após a publicidade -

O projeto “Conservação e Restauração do acervo do Museu Histórico e de Ordem Geral Plínio Travassos dos Santos”, contemplado no edital nº 18/2018 do Programa de Ação Cultural (ProAC), da Secretaria da Cultura e Economia Criativa de São Paulo, encontra-se em pleno andamento. Os restauradores da AVD Arte & Restauro iniciaram suas ações em fevereiro de 2019, e contemplam a restauração de 86 obras do extenso acervo do Museu Histórico de Ribeirão Preto.

Trata-se da conservação e restauração de pinturas e esculturas que compõem o acervo e melhorias na reserva técnica do Museu Histórico Plinio Travassos dos Santos, localizado no município de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, em um complexo arquitetônico tombado pelo CONDEPHAAT e CONPPAC.

Com 17 mil metros quadrados, abriga também o Museu do Café, local onde era a sede da antiga Fazenda Monte Alegre, que foi, no final do século XIX e início do século XX, uma das mais importantes fazendas de café da região, constituindo-se em um referencial histórico-cultural para a cidade de Ribeirão Preto relacionado a este período histórico.

O apoio a este projeto pela Secretaria da Cultura de Ribeirão Preto concretiza a visão da nova gestão em reverter definitivamente a situação em que se encontram os Museus Histórico e do Café. Além da conclusão das reformas na edificação, que estão em andamento, as melhorias na reserva técnica, a conservação e restauração das principais obras serão suficientes para que a Instituição realize atividades educativas e culturais em suas instalações (“Ateliê Aberto” e Oficina de conservação), exposições, e promova novas pesquisas, principalmente na região de Ribeirão Preto.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Complexo de Museus

O Museu Histórico de Ribeirão Preto tem este nome pois foi idealizado por Plínio Travassos dos Santos. Localiza-se em um complexo que abriga também o Museu do Café, onde funcionou a antiga casa sede da fazenda Monte Alegre de Ribeirão Preto, uma das mais importantes fazendas do Brasil nos tempos áureos da economia cafeeira nacional.

O acervo reunido por Plínio Travassos até 1950, destinado ao Museu Municipal, foi formado com doação dos próprios artistas, no caso de pinturas e esculturas, e outros objetos foram ofertados por instituições, tais como o Museu Paulista, Instituto Butantã, Museu Nacional, instituto de Zoologia do Estado, Instituto Oswaldo Cruz entre outros. Plínio empreendeu uma série de viagens e criou uma rede de contatos junto aos órgãos públicos e instituições de cultura, conseguindo trazer para o museu de Ribeirão Preto peças em doação. Em 28 de março de 1951, o Museu foi aberto com as seções de Artes, História, Etnologia indígena, Zoologia, Geografia e Numismática.

Os Museus Histórico e do Café abrigam um dos mais importantes acervos relacionados ao café, formado por cerca de 3.000 objetos, dentre eles: documentos históricos, fotografias, numismática, etnologia indígena, mineralogia, mobiliário, indumentária, além de obras de arte como pinturas e esculturas de artistas de renome como: Victor Brecheret, Rodolfo Bernardelli, José Pereira Barreto, Tito Bernucci, Oscar Pereira da Silva, J. B. Ferri, Odete Barcelos, Colette Pujol, muitas com temática histórica.

 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Camping e Restaurante Vale dos Sonhos

Uma opção para passar os feriados ou então dar aquela fugidinha de final de semana, a uma hora de Ribeirão Preto, o local oferece diversão e descanso para toda família

Agendamento: 1ª DOSE em crianças de 9 a 11 anos aberto nesta segunda-feira (24)

Serão disponibilizadas seis mil vagas e vacinação acontecerá na terça-feira, dia 25 de janeiro

Oportunidades: Comece a semana buscando seus objetivos

Há oportunidades para diversas áreas em Ribeirão Preto, Sertãozinho, Serrana. Veja como se candidatar e boa sorte. Compartilhe com amigos que estão precisando.

Colégio Metodista suspende atividades em Ribeirão Preto

Instituição contava com 122 anos de atuação na cidade encerra atividades por conta da situação financeira da instituição de ensino. A economia vemos depois.

O fundo do posso sem fundo: Fiocruz indica atenção com dengue

Períodos chuvosos atrelados ao calor são favoráveis à proliferação do Aedes aegypti, que é também transmissor do vírus da zika e chikungunya.
- PUBLICIDADE -