Início Saúde Junho vermelho alerta sobre a importância da doação de sangue

Junho vermelho alerta sobre a importância da doação de sangue

- continua após a publicidade -

Com a proximidade do Dia Mundial do Doador de Sangue, comemorado em 14 de junho, a Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH) chama a atenção da população brasileira para a importância da doação de sangue regular e voluntária no País, como forma de salvar e garantir a manutenção da vida de pessoas que necessitam de transfusões contínuas.

A doação de sangue é fundamental para aqueles pacientes atendidos em emergências com grande perda sanguínea. O número de doadores (1,8%), por mais que esteja dentro dos parâmetros, ainda não alcança a média de 3% estabelecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Os pacientes que dependem de transfusão de sangue podem ter dificuldade de atendimento se as diminuições nas doações de sangue forem significativas. A ABHH orienta sobre o procedimento que salva vidas, com esclarecimentos das principais dúvidas da população sobre o ato, que é indolor, rápido, voluntário e que pode salvar pacientes, desde aqueles submetidos a cirurgias ou em casos de emergências.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Confira os principais mitos e verdades sobre a doação de sangue:

1. Idosos não podem doar sangue. MITO. A partir de 2013, houve aumento na idade máxima dos doadores de sangue pelo Ministério da Saúde. Atualmente, pessoas entre 16 e 69 anos podem realizar o ato de doação.

2. A doação é restrita a pessoas sem piercing e tatuagem. MITO. Apenas pessoas com piercing na cavidade oral não podem realizar a doação, pois a boca está mais receptiva a infecções do que outras áreas do corpo. Sobre pessoas com tatuagens, é indicada que a doação seja feita após um ano da realização do desenho, pois é o tempo adequado para manifestações de doenças contagiosas que possam ser transmitidas pela agulha.

3. O peso influencia na doação. VERDADE.  O peso do voluntário deve ser a partir de 50 quilos.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

4. Gestantes e lactantes não podem doar. VERDADE. Mulheres grávidas ou que estejam amamentando não devem doar. As lactantes devem aguardar 12 meses após o parto. E no período pós-parto, a mulher poderá ser doadora após 90 dias, em casos de parto normal e 180 dias em cesárias.

5. Descanso e alimentação influenciam na doação. VERDADE. É necessário estar descansado e não ter praticado atividades físicas intensas pelo menos cinco horas antes da doação. Em relação à alimentação, é preciso estar bem nutrido, com refeições prévias leves e sem gordura. Além disso, é proibido o consumo de bebidas alcoólicas até 24 horas antes da doação.

6. Doadores estão suscetíveis a doenças transmissíveis via sangue. MITO. A partir da implementação do teste NAT com fomento da ABHH, doenças como HIV, Hepatites B e C, são detectadas pelo procedimento que tem capacidade de identificar se a pessoa está contaminada mesmo que haja um curto período, entre o dia de contaminação e a doação.

7. O doador pode realizar o ato a cada 30 dias. MITO. A doação de sangue deve realizada com intervalo mínimo de 60 dias para homens e 90 dias para as mulheres, ou seja, em um período de 12 meses, há possibilidade de doação de até quatro vezes por ano, no caso de doador masculino e três em caso de doadora.

Sobre a ABHH
A Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH) reúne hematologistas e hemoterapeutas e tem como frentes de atuação o desenvolvimento educacional e científico dos especialistas. Filiada à Associação Médica Brasileira (AMB), a ABHH possui mais de dois mil associados.

 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Ribeirão Rodeo Music anuncia data da edição 2021 e programação com grandes nomes do universo sertanejo

O evento, que acontecerá entre os dias 17 e 24 de abril, terá Marília Mendonça, Zé Neto & Cristiano, Gusttavo Lima entre outras atrações de destaque

Pelé representou “o talento absoluto do futebol brasileiro”

Aniversário do Pelé: rei do futebol completa 80 anos neste dia 23 de outubro

Apoiado pelo Papa Francisco, Cartórios de São Paulo registraram quase 24 mil uniões civis homoafetivas

Os números divulgados pelo IBGE mostram que os casamentos homoafetivos vem aumentando ano a ano desde sua regulamentação, com crescimento ainda mais considerável nos últimos anos

Vanderley Caixe (PC do B) tem candidatura cancelada

Essa foi a terceira impugnação imposta pela Justiça Eleitoral.

Faculdade Cultura Inglesa lança cursos gratuitos para preparar para o ENEM

Serão três versões disponíveis para os alunos: em Língua Inglesa, Língua Portuguesa e, por último, Preparatório ENEM: Literatura