InícioLazer e CulturaAlma apresenta Concerto Pedagógico nesta quarta-feira (9/10)

Alma apresenta Concerto Pedagógico nesta quarta-feira (9/10)

A apresentação vai reunir pela primeira vez alunos de Ribeirão Preto e do núcleo 2, das cidades de São Joaquim da Barra e Guará

- continua após a publicidade -

A Academia Livre de Música e Artes (Alma) apresenta no dia 09 de outubro o Concerto Pedagógico da Orquestra Jovem Acadêmica, com participação dos alunos do curso de formação inicial em violino do núcleo de Ribeirão Preto e dos alunos de instrumentos e coral do núcleo 2, das cidades de São Joaquim da Barra e Guará. A apresentação será às 19h, no Teatro do Campus da USP Ribeirão Preto, com entrada gratuita.

A Alma completou cinco anos no último mês de agosto, com o propósito de oferecer excelência artística a alunos de Ribeirão Preto e região. Desde seu início, em 2014, a academia trabalha com o aperfeiçoamento de jovens talentos, principalmente na música. Em sua história, expandiu sua atuação com novos cursos, incluindo teatro, dança inclusiva e balé. Hoje, são cerca de 250 alunos apenas no núcleo 1, responsável pelo trabalho com jovens de Ribeirão Preto e mais dez cidades da região e mais 150 alunos no núcleo 2, que atende a três escolas públicas da cidade de São Joaquim da Barra e Guará.

Segundo Lucas Galon, coordenador pedagógico da Alma, esse concerto tem o caráter artístico e pedagógico, com a função primordial de permitir o contato dos alunos com o palco, como exercício prático, além de ser um momento, no qual poderão demonstrar o que aprenderam durante o semestre para os pais e familiares. “A apresentação será uma oportunidade de expressão dos alunos, é uma celebração educacional que vai mostrar as obras preparadas e ensaiadas para o concerto, mas também uma forma motivacional e de avaliação dos participantes”, enfatiza.

As atividades da academia são direcionadas para a formação, fomento e difusão da arte. Seus cursos são gratuitos e contam com o apoio de empresas que utilizam leis de incentivo para patrocinarem os cursos. Para Dulce Neves, presidente da Alma, as apresentações públicas são importantes para posicionar a excelência artística como função principal do projeto.

“Quando os alunos estão no palco, podemos confirmar que os talentos também podem ser lapidados e incentivados com disciplina, vivência e geração de oportunidade”, conclui.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Em 2019, as atividades da academia, do núcleo de Ribeirão Preto, são mantidas pelo Programa de Ação Cultural – ProAC/ICMS, do Governo de São Paulo, com patrocínios da Usina Alta Mogiana, Ambient, GasBrasiliano, Santa Helena Alimentos, Tereos, Usina Vertente, Grupo São Francisco, Interunion, Suprir, Citroen, Dislab, Base Química, Somma, Ribeirão Shopping, Kawasaki e Tonin. Já o núcleo de São Joaquim da Barra e Guará é mantido pelo Programa Nacional de Apoio à Cultura – Pronac, do Governo Federal, via Ministério da Cidadania/Secretaria Especial da Cultura, com patrocínio da Usina Alta Mogiana.

Serviço:

Concerto Pedagógico Alma

Data: Quarta, 09 de outubro

Horário: às 19h

Local: Teatro do Campus da USP Ribeirão Preto

Ribeirão Preto – SP

*Gratuito

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -