Início Esportes Caratê de Ribeirão Preto fatura sete medalhas no Brasileiro Universitário

Caratê de Ribeirão Preto fatura sete medalhas no Brasileiro Universitário

- continua após a publicidade -

A Equipe de Caratê de Ribeirão Preto,  conquistou sete medalhas no Campeonato Brasileiro Universitário, nesta sexta-feira, 10, em Manaus.

Foram três ouros, três pratas e um bronze. Os campeões garantiram a pré-vaga para o Mundial da categoria, que será realizado em agosto, em Portugal.

Os títulos foram de Vinícius Figueira (até 67 kg), Cristian Tavares (kata) e Tamires Souza (acima de 68 kg), que também foi prata por equipes. “Resultado muito bom para eles, de destaque nacional. Com certeza traz mais confiança para a sequência da temporada”, disse o técnico Ricardo Aguiar, que também comanda a Seleção Brasileira.

Além dessas medalhas, Ribeirão Preto foi ao pódio com Breno Matheus, bronze na até 67 kg e Stéphani Trevisan (até 61 kg), prata individual e por equipes. Eles, junto com Figueira e Thamires, se preparam para o sul-americano da modalidade, que será no fim de junho, em Cartagena, na Colômbia.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Prefeito Greca sofre derrame mas não tem nada com a coronavac

Este é o que criou projeto de lei para multar quem distribuir comida a sem-teto sem autorização em Curitiba. Esperamos que ele esteja se alimentando no Hopital.

Anvisa autoriza uso emergencial de coquetel contra a covid-19

estes medicamentos apresentaram uma redução de 70,4% na hospitalização e mortes.

Feriado de Tiradentes: veja o que abre e o que fecha em Ribeirão Preto

Serviços essenciais estão mantidos, assim como a vacinação contra a Covid-19 seguirá normalmente.

Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em julho

Trabalhadores informais nascidos em julho começam a receber hoje (20) a nova rodada do auxílio emergencial.

Com verba da Covid prefeitura antecipa 13º salário de aposentados e servidores

No total, a remuneração mensal dessas pessoas atinge a casa dos R$ 120 milhões mensais.
- PUBLICIDADE -