InícioEducaçãoUsp e Unesp são as melhores universidades brasileiras para estudar ciência

Usp e Unesp são as melhores universidades brasileiras para estudar ciência

- continua após a publicidade -

As cinco melhores universidades brasileiras para estudar ciência
A Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade Estadual Paulista (Unesp) estão entre as melhores da América do Sul, segundo o ranking ‘Nature Index Global’ 2016, feito pela revista científica ‘Nature’

Universidade Estadual Paulista (Unesp) – Fundada em 1976, a Unesp ocupa a segunda posição da lista feita pela revista ‘Nature’.

As 34 unidades da universidade estão distribuídas em 24 municípios do Estado de São Paulo, com quase 38.000 alunos na graduação e outros 13.000 em cursos de mestrado e doutorado.
A área de física conta com a maior porcentagem de autores da universidade envolvidos em publicações internacionais.

A Universidade de São Paulo (USP) é a instituição da América do Sul que mais teve brasileiros envolvidos em projetos científicos internacionais em 2015 – o que a caracteriza como uma escola científica relevante, de acordo com o novo ranking Nature Index Global, feito pela prestigiada revista Nature.
Publicada pela primeira vez em 2014, a lista leva em consideração a quantidade de publicações e a porcentagem de autores de cada país que estão envolvidos em pesquisas internacionais, bons índices para se medir a qualidade da ciência feita em países e universidades.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O Conselho Nacional de Pesquisas Científicas e Técnicas (Conicet), da Argentina, ocupa o segundo lugar a Universidade Estadual Paulista (Unesp) aparece em terceiro lugar. Outras duas instituições brasileiras estão no top 10 da América do Sul (a lista considera também os pesquisadores envolvidos em estudos do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, que figura na sexta posição).

Aumento dos periódicos
O ‘Nature Index Global’ 2016, divulgado no fim de abril, levou em consideração as publicações lançadas em 2015 (seja na autoria principal ou coparticipação).
Em quatro diferentes áreas:
física, química, ciências biológicas, ciências da terra e meio ambiente.

Segundo os números do ranking, entre 2014 e 2015, o Brasil viu um aumento na quantidade de artigos científicos publicados em revistas e periódicos, porém o índice de pesquisadores do país envolvidos com pesquisas internacionais diminuiu.
O país caiu uma posição
Em relação a 2014, e ocupa o 24º lugar do ranking global de países.
Os três primeiros colocados são Estados Unidos, China e Alemanha.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

‘O Homem Mais Inteligente da História’ tem apresentação nesta quinta (9)

Os atores Gil Hernandez, Bianca Rinaldi, Ivan Parente, Marcelo Gomes, Murilo Inforsato e Priscila Dieminger integram o elenco, Adaptado do livro de Augusto cury

Região Central recebe mais 60 vagas de Área Azul para festas de final de ano

Ampliação do estacionamento rotativo será válida de 7 de dezembro à 7 de janeiro

Chegou sua vez: 280 vagas de em Ribeirão Preto

Oportunidades são para diversas áreas, inclusive para pessoas com deficiência (PCD)

Confira a programação de dezembro do Museu Casa de Portinari

Confira a programação para o mês de Dezembro com atividades para toda a família. Uma ótima opção para as ferias escolares.

Transerp lança aplicativo para reforçar fiscalização do transporte coletivo

Ferramenta on-line estará disponível para download gratuito nas principais lojas de aplicativos
- PUBLICIDADE -