Início Educação Alma inicia núcleo de formação em São Joaquim da Barra e Guará

Alma inicia núcleo de formação em São Joaquim da Barra e Guará

- continua após a publicidade -

Uma parceria entre a Academia Livre de Música e Artes – ALMA e Usina Alta Mogiana, por meio do projeto Educando para o Futuro, oferece aos alunos das escolas Sylvio Torquato Junqueira, Prof. Creso Antônio Filetti, de São Joaquim da Barra e Adelaide Garnica, de Guará, formação em estudos de música, em cursos gratuitos de canto coral, viola, violoncelo, violino, flauta e clarinete. Inicialmente, serão atendidas cerca de 200 crianças entre 7 e 11 anos.

As aulas acontecem uma vez por semana e serão realizadas até dezembro de 2017, com avaliação para continuidade no ano seguinte. Com um plano pedagógico bem definido, os alunos contam com aulas de canto coral e instrumentos, prática de conjunto e recitais. As escolas que estão recebendo os cursos foram selecionadas de acordo com requisitos sociais.

O projeto propõe a formação de crianças na música, mas também cumprirá uma função complementar à formação escolar, principalmente na disciplina de língua portuguesa, com estímulo à escrita, na transcrição de conteúdos abordados nos cursos oferecidos.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Professores e equipe administrativa das entidades e da empresa patrocinadora, estiveram na última quinta-feira, dia 18, nas escolas selecionadas, para divulgar as aulas e abrir inscrições. O projeto ALMA – Núcleo 2, acontece por meio de incentivo fiscal da lei Rouanet, de número 8.313/91, com patrocínio da Usina Alta Mogiana.

Sobre a ALMA

É uma associação privada, sem fins lucrativos, com sede em Ribeirão Preto, que tem como objetivo identificar, reconhecer e lapidar jovens talentos nas artes. A ALMA possui dois grandes convênios acadêmicos-culturais, com a escola Giuseppe Sarti, de Faenza, na Itália e a USP (Universidade de São Paulo) de Ribeirão Preto. O Núcleo 2 do ALMA, busca expandir suas atividades culturais iniciando uma nova frente de formação musical, para a iniciação de crianças.

Usina Alta Mogiana nas escolas

A Usina Alta Mogiana incentiva a leitura, a música, atividades culturais e esportivas, promovendo apoio a diversas formas de educação. O projeto “Educando para o Futuro” é uma dessas ações e atua em escolas públicas, desde 2001, oferecendo visitas didáticas para envolver os colaboradores da empresa em atividades com os alunos. São abordados os sensos da qualidade, iniciação à educação financeira, conscientização ambiental e, agora, ensino musical em parceria com a ALMA.

publicidade
publicidade

Últimas Notícias

Brasil e Índia assinam acordos em tecnologia, energia e segurança

Bolsonaro foi recebido pelo presidente indiano, Ram Kovind, e pelo primeiro ministro, Narendra Modi, em uma residência oficial.

Férias Esportivas tem Oficina de Pipa para os pais

Os adultos que acompanham as crianças durantes as atividades tiveram a oportunidade de aprender a confeccionar pipas

Secretaria da Educação anuncia chamamento de 158 professores temporários

Serão chamados PEB I e II, PEB II de Língua Portuguesa, Matemática, Geografia, Ciências e de Atendimento Educacional Especializado

Matrículas para aprovados na Univesp começam nesta segunda-feira

Começam nesta segunda-feira (27) as matrículas dos aprovados na primeira chamada do vestibular da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp)....

Secretaria de Esportes abre inscrições para as atividades esportiva

Inscrições serão realizadas entre os dias 27 e 31 de janeiro

Como seria se você pudesse acessar um universo de extremo poder para um ano...

Esse lugar está dentro de você ! Na vivência de ho'oponopono

Ninguém melhor do que Regina Duarte para a Cultura, diz Bolsonaro

Ela está propensa a ser a nossa secretária de Cultura. Nós mostramos para ela o tamanho do gigantismo que é a Cultura.

Atleta de Ribeirão Preto participa de seletiva que pode dar vaga para as Olímpiadas

Seletiva Nacional Sênior e Pré-olímpico 2020 de Karatê acontecem de 5 a 7 de fevereiro em São Paulo

Hospital de Câncer de Ribeirão Preto realiza ‘Pedágio da Esperança’

Ação tem o objetivo de arrecadar fundos para as despesas da instituição

Rede escolar do SESI volta às aulas na próxima segunda, 27 de janeiro

Foram 72.479 inscrições no processo seletivo, uma média de 6 a 7 candidatos por vaga
- PUBLICIDADE -