COLUNA

InícioColunasRegina RhodriguesNão é fácil entender o mundo. Como sobreviver o novo normal?

Não é fácil entender o mundo. Como sobreviver o novo normal?

Seguimos desenfreadamente pela busca da justiça, do bem comum, de um mundo melhor e com maiores oportunidades a todos

- continua após a publicidade -

Não é fácil entender o mundo, e longe de mim a tentativa, em muitas coisas as explicações não se encaixam, e quando há uma, ela é duvidosa.

Seguimos desenfreadamente pela busca da justiça, do bem comum, de um mundo melhor e com maiores oportunidades a todos, quando lemos alguma noticia que nos encoraja, em seguida recebemos outra que nos desanima.

E assim vamos vivendo cada dia, hora com fermento, hora sem ele.

Mas, quais seriam as boas notícias que nem de alguma forma nem por algum motivo, não lemos e nem tão pouco assistimos nas mídias convencionais?

Noticias que o mundo reage a uma busca desenfreada por poder e dinheiro, mesmo que a custa de vidas, a custa de um futuro, a custa de sonhos.

arquivo

É sabido por todos, que médicos de todo mundo tem reagido a proibição de medicamentos, que eles mesmos definam qual tratamento ministrar, um direito mínimo de um medico, afinal é ele o especialista no assunto, retirar medicamentos de farmácias, ou da rede publica, impede o exercício genuíno da profissão, um belo exemplo foram os médicos Americanos que denunciaram a manipulação politica do assunto, médicos Espanhóis seguiram o exemplo, e alguns médicos brasileiros se manifestam, alguns inclusive sempre o fizeram.

Mas a politica insiste em invadir um assunto que não lhe cabe, e assessores insistem em seguir uma linha que no mínimo avaliaríamos como imprudente, buscando a melhor das palavras.

Uma guerra esta travada em todo mundo, e não se trata somente de uma medicação, trata-se também do sentido de liberdade, da democracia e do bem comum.

Uso de máscara em Ribeirão Preto
Foto: Banco de Imagens

*Sinais e rumores de guerra*, “apocalipticamente” , estamos presenciando em todo mundo reações populares e bélicas, a exemplo da China e Índia, da China e EUA, da China e Japão, da China e França, da China e o Brasil, enfim, da China e o mundo.

arquivo

Não, a China não esta com esta bola toda, ela tem lá seus aliados e financiadores, mas quando falo da China, não me refiro ao povo, e sim ao Partido Comunista Chinês, dali saem caminhos perigosos para todos nós.

Tenho seguido pesquisas com bastante profundidade, e o movimento Chinês esta diretamente ligada a destruição da economia no mundo, principalmente o ocidental, comprando tudo aquilo que conseguiram destruir economicamente, mas a grande noticia, é que seus ativos  ( BONDS ) nos EUA não serão liberados, e especula-se que inclusive a moeda americana será mudada, o que significa que comprou, mas não levará.

Além de toda mobilização militar que precisa ter investimento financeiro dos Países envolvidos nesta sangria.

A Polônia reage nas ruas, assim como a Alemanha, a Bulgária, os EUA.

Já a Venezuela vive seus últimos martírios, em breve teremos noticias que Juan Guaido assumira a democracia neste Pais tão castigado.

arquivo

E uma avalanche nos tomou de surpresa com a noticia, que seres humanos são traficados, estuprados, vendidos e comidos, e alias uma pratica descoberta em todo o mundo, ou seja, o que mais se pode esperar neste atual cenário ?

Regina Rhodrigues inicia coluna sobre geopolítica

Regina Rhodrigues colunista sobre geopolítica

O que é Geopolítica?

A geopolítica pode ser considerada uma ciência intimamente relacionada com o saber estratégico, ou seja, quando um Estado-nação se propõe a conhecer um determinado território que considera fundamental para a afirmação dos seus interesses soberanos.

Regina Rhodrigues | Colunista de Geopolítica
Regina Rhodrigues / Foto: Divulgação

Regina Rhodrigues
Ativista e estudiosa autodidata nos assuntos da atualidade, envolvendo assuntos diversos. Chefe de cozinha premiada. Natural de Ribeirão Preto, é empresaria na cidade.
- continua após a publicidade -
PUBLICIDADE

Últimas Notícias

Oficinas e cursos gratuitos em Ribeirão Preto

0
Há oportunidades para atividades de música, dança, teatro, artes plásticas e circenses. Confira vagas por unidade e saiba como fazer a inscrição.

240 oportunidades de emprego em Ribeirão e Sertãozinho

0
Entre as vagas há opções como ajudante de produção, auxiliar administrativo, motorista, vendedor, cuidador de idosos, padeiro, cabeleireiro e manicure.

A economia a “gente vê depois” leva mais de 2 milhões a extrema pobreza

0
Pelo menos 2 milhões de famílias brasileiras tiveram a renda reduzida e caíram para a extrema pobreza entre janeiro de 2019 e junho deste...

Quem foi vacinado com coronavac continua proibido de entrar em países que aceitam turistas

0
A santa medicação do Doria, continua proibida em vários países que já abriram suas fronteiras. E como ficam os imunizados que precisam viajar?

‘Sofrimento global’ faz buscas por ajuda emocional e prevenção ao suicídio aumentarem

0
Psicológicos relatam aumento de transtornos alimentares e psicológicos na pandemia e falam em ‘crises potencializadas’; Centro de Valorização da Vida registrou 147 mil atendimentos a mais apenas em 2020

Dirigente do Botafogo esquece a tradição e coloca o time entre os da várzea

0
Agora a torcida vai precisar trocar os bumbos e tambores por rosário, bíblia e agua benta, se não quiser estar ao lado do Leão

Governo federal anuncia dose de reforço para profissionais de saúde

0
Aplicação extra ocorrerá a partir de seis meses da imunização completa

Bolsonaro na ONU: discurso sóbrio e responsável

0
‘Estávamos à beira do socialismo’, diz Bolsonaro em discurso na ONU Na abertura da Assembleia-Geral da entidade, presidente criticou lockdown e defendeu tratamento precoce contra a covid-19 O...

Corrente de Amor fomenta doações em prol do Hospital de Amor de Barretos

0
Facilidade de doação através de aplicativo e em pontos espalhados pelo Brasil, faz com que a campanha seja uma importante fonte de arrecadação para a instituição que operou com déficit mensal de mais de R$ 36 milhões em 2020

Primavera 2021: previsão geral para o Brasil

0
Primavera começa nesta quarta-feira (22). Crise hídrica e novo La Niña à vista. Quais as expectativas do clima para primavera 2021?
PUBLICIDADE