InícioCidadesPrefeitura vai privatizar parques

Prefeitura vai privatizar parques

Prefeitura deveria privatizar o executivo e o legislativo, só custam alto para o contribuinte e os resultados são negativos

- continua após a publicidade -

A Câmara de Vereadores deve votar na próxima quin­ta-feira, 24 de junho, projeto de lei da prefeitura de Ribeirão Preto que permite a terceiri­zação da gestão de parques e equipamentos esportivos na cidade.

De acordo com a pro­posta, poderão se candidatar organizações sociais (OSs) sem fins lucrativos voltadas ao espor­te e proteção e conservação do meio ambiente com pelo me­nos cinco anos de fundação.

O projeto estava na pauta da sessão desta quinta-feira (17), mas o líder do governo na Câmara, Isaac Antunes (PL), pediu o adiamento por duas sessões.

A proposta considera como objeto a serem geridos pelas organizações sociais os parques urbanos.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A celebração dos contra­tos de parceria poderá ser fei­ta com dispensa de licitação.

A prefeitura justifica que as parcerias com as organizações sociais são uma modalidade de Parceria Público-Privada (PPP) que tem se mostrado eficiente.

Segundo o site da prefeitu­ra de Ribeirão Preto, a cidade tem hoje sete parques urbanos, alguns construídos e mantidos pela iniciativa privada.

A lista traz o Parque Doutor Fernan­do de Freitas Monteiro da Sil­va (“Parque das Artes”, Jardim Nova Aliança, Zona Sul) e Par­que Prefeito Luiz Roberto Já­bali (“Curupira”, na Ribeirânia, Zona Leste).

Tem ainda o Parque Dou­tor Luis Carlos Raya (“Jardim Botânico”, no bairro homô­nimo, na Zona Sul), Parque Maurílio Biagi (Centro), Par­que Roberto de Melo Genaro (Jardim Sumaré, Zona Sul, temporariamente fechado ao público), Parque Tom Jobim (Jardim Procópio, Zona Nor­te) e Über Parque Sul Rober­to Francói (Bosque das Juri­tis, Zona Sul).

Conta ainda com dois par­ques de preservação. Um é o Parque Morro de São Bento, no Jardim Mosteiro, que abriga o Bosque Zoológico Municipal Doutor Fábio de Sá Barreto e o complexo cultural formado pela Casa da Cultura Juscelino Kubitschek, o Teatro de Arena Jaime Zeiger e o Teatro Muni­cipal de Ribeirão Preto.

O outro é o Parque Ecoló­gico Ângelo Rinaldi, o “Horto Florestal”. Conta ainda com a Estação Ecológica da Mata de Santa Tereza, administrada pela Fundação Florestal, ór­gão da Secretaria de Infraes­trutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo.

Parques públicos de Ribeirão Preto
Parques urbanos
– Parque Doutor Fernando de Freitas Monteiro da Silva “Parque das Artes”, Jardim Nova Aliança, Zona Sul
– Parque Prefeito Luiz Roberto Jábali “Curupira”, Ribeirânia, Zona Leste
–Parque Doutor Luis Carlos Raya “Jardim Botânico”, na Zona Sul,
– Parque Maurílio Biagi Centro
– Parque Roberto de Melo Genaro Jardim Sumaré, Zona Sul, temporariamente fechado
– Parque Tom Jobim Jardim Procópio, Zona Norte
– Über Parque Sul Roberto Francói Bosque das Juritis, Zona Sul
Áreas de preservação
– Parque Morro do São Bento Jardim Mosteiro, Zona Leste
– Parque Ecológico Ângelo Rinaldi “Horto Florestal”, Jardim Marchesi, Zona Oeste

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

A população insistem em votar errado e Ramon Faustino (Psol) continua sendo processado

Nova audiência foi marcada para o dia 06 de outubro, para ouvir o depoimento das ex-assessoras

Centro de Qualificação prorroga inscrições para cursos gratuitos

São 278 vagas disponíveis com inscrições online até 29 de setembro com barbearia, informática básica, excel, word básico, jardinagem e paisagismo e muitos outros

Circuito SP promove atração gratuita no Teatro Municipal

Peça mostra o encontro da Rainha Elizabeth I com o dramaturgo William Shakespeare

Cruzamento em Ribeirão Preto recebe obra da artista Elisa Bracher

Obra está sendo instalada no cruzamento das avenidas João Fiusa e Independência; escultura deve ser inaugurada na quarta-feira, 28

Giorgia Meloni deve liderar Itália após vitória eleitoral da direita

Giorgia Meloni se tornará a primeira mulher premiê da Itália
- PUBLICIDADE -