Home » Cidades » Policial » Operação prende advogados suspeitos de fraudes judiciais de R$ 100 milhões

Operação prende advogados suspeitos de fraudes judiciais de R$ 100 milhões

A Inteligência da Seccional de Ribeirão, em conjunto com o Ministério Público e o Gaeco, cumpriram na manhã desta quinta-feira (11), sete mandados de prisão preventiva e 20 de busca e apreensão em escritórios de empresas e advocacia em Ribeirão Preto.

No escritório de advocacia “Lodoli, Caropreso, Bazo e Vidal”, foram presos os advogados Klaus Phillip Lodoli, Gustavo Caropreso Soares de Oliveira, Ângelo Luiz Feijó Bazo e Renato Rosin Vidal.

O vereador Isac Antunes teve seu nome envolvido na operação.

Em nota, a Polícia Civil informou que, após um ano de investigações, identificou uma organização criminosa – composta por advogados – que praticava fraudes processuais, exigindo na Justiça supostas diferenças de expurgos inflacionários decorrentes dos planos Collor, Verão e Bresser.

Os presos serão encaminhados ao Centro de Detenção Provisória de Ribeirão Preto.

Representantes da Comissão de Prerrogativas da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) acompanham a operação para garantir os direitos dos advogados.

Comente

Deixe uma resposta