InícioVariedadesDe novo! WhatsApp será bloqueado no Brasil a partir de hoje

De novo! WhatsApp será bloqueado no Brasil a partir de hoje

- continua após a publicidade -

Por um período de 72 horas, os aparelhos do Brasil não vão poder utilizar o serviço, uma vez que a Justiça determinou o bloqueio total do aplicativo — da mesma forma como já vimos em dezembro do ano passado.

A decisão foi emitida no dia 26 de abril e foi proferida pelo juiz Marcelo Montalvão, da comarca de Lagarto (SE). Todas as operadoras que operam no mercado brasileiro vão ter que atender à determinação da justiça e impedir que seus consumidores utilizem o sistema — nisso estão TIM, Oi, Vivo, Claro e Nextel. Quem descumprir a determinação terá que pagar multas de R$ 500 mil por dia.

Todas as operadoras informaram que irão cumprir a determinação. Ou seja: ficará impossível usar o sistema, em qualquer aparelho do Brasil. Se não houver nenhuma liminar autorizando as teles a retomarem o serviço, somente às 14:00 de quinta-feira (5 de maio) é que o WhatsApp poderá voltar a ser utilizado pelos brasileiros.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Cerca de 40 mil pessoas não retornaram para receber a segunda dose da vacina contra Covid-19

Dados são Vigilância Epidemiológica, que conclama a população a procurar os postos de vacinação e manter o controle da doença

“Concertos Internacionais” apresenta homenagem a Astor Piazzolla

Concerto será transmitido no dia 23 de outubro, às 19h, como parte das comemorações de 91 anos do Theatro Pedro II

Nogueira quer que você receba agua do Rio Pardo nas torneiras

Hoje a agua do DAERP é do aquífero guarani, uma agua mineral será substituída por aguas do Rio Pardo. Você aprova esta mudança?

Atenção: Alerta para tentativa de golpe contra aposentados

Instituto de Previdência orienta beneficiários a não informar dados pessoais ou bancários

Ditador Moraes manda prender e extraditar Allan dos Santos

Se não estamos vivendo em uma ditadura do judiciário, o que se compara com atitudes destes loucos? Maduro, Chaves, Alexandre de Moraes...
- PUBLICIDADE -