InícioTecnologiaAtualização do WhatsApp divide opiniões entre usuários

Atualização do WhatsApp divide opiniões entre usuários

- continua após a publicidade -

Fotos e vídeos de visualização única e retirada das notificações de conversas arquivadas não agradaram todas as pessoas

Uma recente atualização do WhatsApp vem dividindo a opinião dos usuários na internet. O aplicativo liberou os recursos de fotos e vídeos de visualização única e de áudios que não sinalizam se foram ouvidos ou não.

Outra novidade é que os usuários do app agora podem escolher se querem, ou não, receber notificações de conversas que estão arquivadas, um pedido antigo das pessoas que utilizam os serviços da rede social.

Após alguns dias utilizando os novos recursos, muitos usuários recorreram ao Twitter para expor as primeiras impressões relacionadas às novidades.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A maioria das pessoas recebeu bem a novidade das fotos e vídeos de visualização única. As mensagens selecionadas não poderão ser revistas nem mesmo pelos usuários que mandaram os conteúdos serão excluídas das conversas se não for abertas em 14 dias.

A única crítica é em relação à possibilidade dos destinatários tirarem print do conteúdo e o usuário que enviou a mídia não ser notificado por essa atividade. No Instagram, por exemplo, as pessoas recebem uma notificação quando enviam fotos ou vídeos na conversa privada e o destinatário faz um screenshot. 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -