InícioTecnologiaDiretor do WhatsApp diz que novo bloqueio do serviço é chocante

Diretor do WhatsApp diz que novo bloqueio do serviço é chocante

- continua após a publicidade -

O diretor executivo do WhatsApp, Jan Koum, disse hoje (19), em seu perfil no Facebook, que a empresa está trabalhando para restabelecer o serviço no Brasil. Ele reclamou da decisão judicial que tirou o aplicativo do ar no início da tarde de hoje.

“É chocante que menos de dois meses depois que o povo brasileiro e legisladores rejeitaram o bloqueio dos serviços como WhatsApp, a história se repete. Como antes, milhões de pessoas são desconectadas de amigos, entes queridos, clientes e colegas hoje, simplesmente porque estamos sendo questionados por informações que não temos”, disse.

Em nota, o WhatsApp disse que considera a determinação judicial uma ameaça à capacidade das pessoas de se comunicarem e diz que espera ver o bloqueio suspenso tão logo seja possível.

O bloqueio do WhatsApp foi determinado hoje (19) pela Justiça do Rio de Janeiro, por meio de uma decisão da juíza Daniella Barbosa Assumpção de Souza, da 2ª Vara Criminal de Duque de Caxias. De acordo com a Justiça, o WhatsApp descumpriu decisão judicial de interceptar mensagens trocadas pelo aplicativo em uma investigação criminal. Essa é a terceira vez que o WhatsApp é suspenso no país.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O bloqueio do Whatsapp também está repercutindo entre os usuários de outras redes sociais. No Twitter, o assunto é o mais comentado no momento no país, com mais de 490 mil tweets. A maioria dos internautas reclama do bloqueio e alguns até fazem piada com a situação. “Vou aproveitar o bloqueio do WhatsApp para visitar minha família que mora na mesma casa que eu”, disse um usuário. “Um país que tem WhatsApp bloqueado todo mês tá mesmo preparado pra sediar uma Olimpíada?”, questionou outra internauta.

Nas redes sociais os internautas também discutem alternativas para a falta do Whatsapp, como o uso de outros aplicativos ou do VPN, uma ferramenta que permite o tráfego de dados por um caminho privativo na web.

A Proteste Associação de Consumidores diz que a suspensão do WhatsApp traz prejuízos inestimáveis ao impedir milhões de brasileiros de utilizar o aplicativo, que hoje desempenha um papel fundamental na comunicação da sociedade. “Trata-se de uma decisão desproporcional, tendo em vista os objetivos do processo penal do qual se originou a ordem do bloqueio”, diz a entidade. A Proteste mantém uma campanha chamada “Não Calem o WhatApp”, que tem 141 mil adesões.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Finalistas do Concurso de Bandas do João Rock se apresentam neste sábado em novo local

Evento será na Arthouse em Ribeirão Preto e, além da grande final, terá shows da Banda Chavala e do coletivo Tutu Djs

Eisenbahn monta megaoperação de chope para o João Rock 2024

Patrocinadora master do festival, a marca premium do Grupo HEINEKEN levará 50 mil litros de chope para o evento

Ouro, prata e bronze: 3.483 estudantes da região de Ribeirão Preto são medalhistas da primeira edição da Olimpíada de Matemática de SP

Mais de 127 mil alunos dos anos finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio foram premiados em todo Estado

Centro universitário promove mutirão gratuito no próximo domingo para declaração do imposto de renda da população

Realizado no Parque Über Sul no dia 26, das 9h às 12h, evento realizado pela Estácio também vai oferecer orientações de carreira, elaboração de currículos, atividades pedagógicas, nutricionais, físicas, entre outras

 João Rock: o que pode e o que é proibido levar ao festival?

Evento será realizado no dia 08 de junho, em Ribeirão Preto/SP, e conta com mais de 30 atrações em quatro diferentes palcos
- PUBLICIDADE -