Início Saúde Reunião discute Plano Plurianual da saúde para os próximos quatro anos

Reunião discute Plano Plurianual da saúde para os próximos quatro anos

- continua após a publicidade -

Técnicos de diversas áreas de atuação das secretarias municipais da Saúde e Planejamento reuniram-se nesta quinta-feira, 6 de julho para discutir e definir as diretrizes do Plano Municipal de Saúde para o quadriênio 2018-2020, dento das discussões do PPA (Plano Plurianual).

Estão sendo discutidos seis eixos. Ampliar e qualificar o acesso aos serviços e ações de saúde e atenção à saúde, o desenvolvimento de programas e ações para segmentos específicos da população, vigilância em saúde, com o fortalecimento do Sistema de Vigilância Epidemiológica de doenças e agravos, fortalecimento da gestão do SUS no município, capacitação e desenvolvimento de pessoas e fortalecimento da participação da comunidade e do controle social na gestão do SUS.

A assistente do secretário municipal da saúde, Jane Aparecida Cristina, disse que uma das prioridades no PPA, no âmbito da saúde, é a reformulação do atendimento em atenção básica e a implantação dos AMEs em Ribeirão Preto.

“Para este ano, estamos reforçando a atenção básica no atendimento à saúde da população, fortalecendo e aprimorando as ações evidenciando o contexto do AME, que cria mecanismos que atendam o fluxo de especialidades médicas”, defendeu Jane Cristina.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Ela explica ainda que o atendimento e tratamento na atenção básica estão prejudicados com o tempo e demora que os médicos têm com relação a resultados de exames, que acaba, em cadeia, prejudicando o tratamento e consequentemente paciente.

“É essa inversão que precisamos fazer. O paciente acaba indo no pronto atendimento, com uma complexidade médica muito maior. É essa vertente que precisamos mudar”.

PPA – É um plano de médio prazo, que estabelece as diretrizes, objetivos e metas a serem seguidos pelos governos Federal, Estadual e Municipal ao longo de um período de quatro anos. Assim, por meio do orçamento público, o município estima as receitas que irá receber e determina as despesas que realizará, planejando os investimentos necessários ao atendimento da população em matéria de saúde, educação, habitação, saneamento básico, segurança pública, entre outros.

A realização deste planejamento se dá por meio de três instrumentos definidos no art. 165 da Constituição Federal: o Plano Plurianual (PPA), a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a Lei Orçamentária Anual (LOA). A próxima reunião acontece nesta segunda-feira, 10 de julho de 2017.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Com média semanal abaixo de 100 mortes, SP volta a patamar de abril

Mesmo com a quarentena mais livre, Dados da Secretaria de Saúde e do Centro de Contingência COVID-19 mostram que índice ficou em 91 óbitos na medição desta quarta

Dória dobra o ICMS para diversos setores no Estado de São Paulo para 2021

Para ajustar as contas do Estado de São Paulo em função da pandemia, o governo de João Dória já elegeu quem pagará as contas: os contribuintes e empresários.

Minions invadem o McDonald’s

Em ação inédita, a nova campanha do McLanche Feliz trará Minions e em dobro

Comércio de Ribeirão e região ganha Marketplace para atrair mais clientes, aumentar vendas e estimular a economia local

Trata-se da expansão do projeto Varejo+, iniciativa da CDL e do SINCOVARP. As duas entidades confirmam o lançamento do Shopping Center Online voltado especialmente à MEIs, micros, pequenas e médias empresas.

“Uber do ônibus” acusa Dória de tentar inviabilizar atividade e protesta em frente à sede do governo

Entre as participantes da manifestação está a Buser, maior plataforma do segmento no Brasil, cotada para se tornar, ainda neste ano, um unicórnio (nome dado às startups cujo valor alcança US$ 1 bilhão).