Início Saúde Prefeito anuncia implantação do AME e ativação da UPA da rua Cuiabá

Prefeito anuncia implantação do AME e ativação da UPA da rua Cuiabá

- continua após a publicidade -

O primeiro Ambulatório Médico de Especialidades (AME) Mais Regional de Ribeirão Preto será instalado onde atualmente funciona a UBDS Central, na avenida Jerônimo Gonçalves. Para suprir a demanda de atendimentos médicos da unidade de saúde, que passará por reforma e adaptações, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), da rua Cuiabá será concluída.

O anúncio foi feito nesta sexta-feira, 2 de junho, pelo prefeito Duarte Nogueira e o secretário da Saúde, Sandro Scarplini, durante entrevista coletiva à imprensa, no Palácio Rio Branco, onde foi apresentado o projeto do AME e os impactos que sua implantação onde atualmente funciona a UBDS Central, irão causar à saúde pública do Município.

Os estudos levam em consideração dados apurados durante a transição de governo e atualizados até os dias de hoje e concluíram que medidas precisam ser tomadas para amenizar problemas relacionados a  respeito dos atendimentos, consultas e outros procedimentos médicos na rede pública de saúde da cidade.  “É um absurdo, por exemplo,  um paciente esperar por uma consulta no proctologista 35 meses, numa fila de espera de 3.632 pessoas. Isso precisa acabar.  Não podemos esperar mais. E a implantação do AME onde funciona a UBDS Central é o melhor caminho“, explicou o secretário.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O secretário disse ainda que essa seria a melhor maneira e mais rápida de equacionar os problemas de filas de espera em exames e consultas. “A urgência é da população de Ribeirão Preto”.

Outro fator decisivo na escolha, segundo o secretário, foi o tempo de construção de um prédio para o AME. “Para construir, esperaríamos de três a quatro anos entre edificações e equipamentos, para colocá-lo em funcionamento. O governo do estado garantiu, se disponibilizarmos um local que atenda as exigências, garantiria a verba,” disse Scarpelini.

A proposta  do Ambulatório Médico de Especialidades em Ribeirão Preto ao governo do estado de São Paulo,  prevê a  realização de consultas com especialistas, pequenas cirurgias e exames diagnósticos, criando uma rede de referência com alta resolutividade, com modernos equipamentos que oferecem consultas, exames e em alguns casos cirurgias em um mesmo local, proporcionando maior rapidez aos diagnósticos e tratamento dos pacientes.

O prefeito Duarte Nogueira disse que dentre todas as demandas do Poder Público, a mais desafiadora para os gestores é a saúde. “A saúde está diretamente ligada a sobrevivência, ao bem estar do paciente em não sentir dor,  de sofrimento da família, da qualidade e estabilidade da vida humana. A nossa tarefa, portanto, é fazer diferente pra melhorar. A gente jamais vai atingir um objetivo melhor, repetindo os padrões que a gente faz todos os dias. As mudanças ocorrem em função de você encontrar meios e atingir melhores objetivos. E esse é o projeto que ora apresentamos.”

AME MAIS REGIONAL

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A estrutura da AME MAIS REGIONAL atenderá 25 especialidades médicas, a estimativa é fazer oito mil consultas médicas e três mil consultas não médicas (dentistas, atendimento em enfermagem, entre outros) por mês, 200 cirurgias ambulatoriais mensais e realizar mais de  22 mil exames por mês.

Para a escolha da construção da UBDS Central, segundo o secretário, foram levados em consideração aspectos técnicos como: área construída com aproximadamente de 2,5 mil metros quadrados, próximo a terminal de ônibus e com estrutura já pronta com consultórios, sala de espera, farmácia e recepção. “A unidade que mais consegue equalizar essas necessidades é a UBDS Central. Ela tem as características que nós precisamos.  Mas irá precisar de algumas adaptações, a principal delas é criar uma central de material,  centro cirúrgico e ambiente para tomografia e mamografia e raio x. O andar de cima não precisará ser alterado”, disse Sandro Scarpelini.

O financiamento/custeio do governo do Estado  mensal será  em torno de R$ 2 milhões mensais e o investimento em equipamentos, segundo o estudo, deve chegar a cerca de R$ 4 milhões. A injeção de aproximadamente R$ 20 milhões por ano no sistema de saúde da região. O município entra com a concessão do prédio e o custo da reforma.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Urgente: Bolsonaro afirma que não tem acordo com Doria e não comprar vacina chinesa

Nesta Quarta-feira (21) Brasília deve pegar fogo com decisão de Bolsonaro, cancelando acordo feito entre governadores e Pazuello

Justiça bloqueia R$ 29 milhões em bens de Doria em ação por improbidade

PSDB e sua fake: Doria gastou com propaganda pessoal o equivalente a 21% do total empregado nas obras de asfalto.

Padaria Pet abre unidade em Ribeirão Preto

Loja é a 9ª franquia da rede, que terá tratamento de aromaterapia, espaço para aniversário pet, petiscaria gourmet para cães e gatos como, pipoca, bolo de caneca, cerveja e café

TEL abre 300 vagas de emprego em São Paulo

Home Office: Processo seletivo oferece oportunidades em telemarketing para vendas; empresa já emprega 15 mil profissionais no Brasil

68% dos lojistas apontam aumento nas vendas, após seis meses de quarentena

Setor de eletrônicos foi o mais beneficiado, segundo FCDLESP; apenas 15% das micro e pequenas empresas conseguiram o PRONAMPE