InícioSaúdeFundo Social inicia Campanha do Agasalho 2019

Fundo Social inicia Campanha do Agasalho 2019

- continua após a publicidade -

A Campanha do Agasalho 2019 do Fundo Social de Solidariedade de Ribeirão Preto teve início no dia 20 de maio e receberá doações durante todo o período de outono e inverno. A estimativa é de que a arrecadação seja concluída em agosto, mas enquanto houver recebimento de doações, a distribuição de agasalhos continuará.

São aceitos qualquer tipo de agasalho e para fazer a doação o munícipe pode ir até o Fundo Social da Solidariedade, na rua Cerqueira César, nº 383 – Centro, ou nos postos de coleta cadastrados na prefeitura.

Ao todo, são 18 pontos espalhados pela cidade: Habiart, Abutres, oito unidades do Supermecado Mialich, nos bairros Quintino Facci II, Parque Ribeirão Preto, Ribeirão Verde, Jardim Anhanguera, Vila Elisa, Ipiranga e Candido Portinari, e oito lojas do Savegnago, nas avenidas Maurílio Biagi, Portugal, Caramuru, Capitão Salomão, Nove de Julho, Cel Quito Junqueira e ruas Henrique Dumont e Silveira Martins.

 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

No Dia do Publicitário, APP Ribeirão lança calendário de atividades de 2023

Com novas datas de atividades e eventos, a Associação dos Profissionais de Propaganda de Ribeirão Preto reúne diretoria no Chopp Time

Saúde prorroga inscrições de concurso público para bolsistas do Programa de Aprimoramento

Inscrições vão até 17 de fevereiro; bolsas são para as áreas de Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Nutrição, Psicologia e Terapia Ocupacional

Lula promete nova regulação para trabalhadores de aplicativos

Brasil tem 1,5 milhão de trabalhadores por aplicativos que podem deixar de trabalhar e ter uma renda, caso seja levado adiante

‘lambança’ é como Haddad chama aredução de ICMS

Durante a campanha lula e Haddad já avisavam que eram contra redução de impostos, bem como a bancada do PT foi contra durante a votação da lei criada por Bolsonaro

A brilhante ideia: Correios podem substituir Uber

O ministro do Trabalho, Luiz Marinho, disse que não está preocupado com a possibilidade de o Uber deixar o Brasil, se a regulamentação de aplicativos...
- PUBLICIDADE -