InícioSaúdeDoria vem a Ribeirão e inicia testes clínicos da ButanVac em voluntários

Doria vem a Ribeirão e inicia testes clínicos da ButanVac em voluntários

O governador que quebrou o comercio e colocou a população na miséria participa, às 11 horas, no Hemocentro de Ribeirão Preto, nesta sexta-feira (9),

- continua após a publicidade -

O governador que quebrou o comercio e colocou a população na miséria participa, às 11 horas, no Hemocentro de Ribeirão Preto, nesta sexta-feira (9)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, na última semana, o início dos testes. No total, 418 pessoas em Ribeirão Preto irão servir como cobaias nos testes do imunizante. No total, serão 5 mil voluntários, em três fases de testes, em todo o Estado.

Nesta sexta-feira, os pesquisadores farão a triagem de um grupo de voluntários no Hemocentro, centro de pesquisa vinculado ao hospital. O procedimento antecede a aplicação do imunizante ou das doses de placebo, que deve ocorrer somente nos próximos dias.

Testes

Além da etapa que será iniciada nesta sexta-feira, a vacina do Butantan passará ainda por outras duas fases. Ao longo do processo, será medida a eficácia do imunizante e também será feita a comparação entre o desempenho da nova vacina do Butantan contra a Covid-19 e outras vacinas que estão em uso.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Segundo Dimas Covas, responsável pelo Butantan, o imunizante deve custar menos que as outras vacinas e será produzido com a logística que a instituição já tem para a fabricação de imunizantes contra a gripe.

“É uma vacina já aperfeiçoada em vários sentidos, feita em uma base tecnológica disponível no Brasil, a mesma que usa a vacina da gripe, não só disponível como também com preço muito mais acessível e capacidade de produção muito grande”, afirma Dimas Covas.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Colégio Metodista suspende atividades em Ribeirão Preto

Instituição contava com 122 anos de atuação na cidade encerra atividades por conta da situação financeira da instituição de ensino. A economia vemos depois.

O fundo do posso sem fundo: Fiocruz indica atenção com dengue

Períodos chuvosos atrelados ao calor são favoráveis à proliferação do Aedes aegypti, que é também transmissor do vírus da zika e chikungunya.

Mãe do presidente Jair Bolsonaro morre aos 94 anos

De Uma família humilde do interior de São Paulo, dona Olinda, partiu mas pode ver os feitos do filho. Nossos sentimentos ao @jairmessias.bolsonaro

Coronavac é liberada e SP confirma dose para crianças em até 3 semanas

Eles garantem que o medicamento é seguro, e casos de mortes não são relacionados com a picada salvadora. Se ele garante nós acreditamos na ciência.

Criança de 10 anos infartou depois da picada mas o motivo não foi a vacina

Prefeitura diz que criança teve parada cardíaca após vacina, mas estado rapidamente concluiu que criança tinha doença rara no coração que os pais não sabiam. E nós acreditamos no trancarua
- PUBLICIDADE -