InícioSaúdeCasos de dengue continuam em queda em Ribeirão Preto

Casos de dengue continuam em queda em Ribeirão Preto

- continua após a publicidade -

O Boletim Epidemiológico divulgado nesta terça-feira, dia 20 de junho, pela Divisão de Vigilância Epidemiológica, da Secretaria Municipal de Saúde, apontou que houve uma queda de 99,85% nos casos de dengue em Ribeirão Preto, nos cinco primeiros meses do ano. Em 2016, no mesmo período, foram 34.882 casos, contra 54 neste ano.

Quando comparado com o mês de maio de 2016, a diferença é significativa. Foram registrados 522 casos da doença no ano passado, contra seis no mesmo período deste ano, queda de 98,85%.

O secretário de Saúde, Sandro Scarpelini explica que a limpeza, o trabalho dos agentes de saúde e a conscientização da população levaram a essa redução drástica dos casos de dengue. “Para alcançar esse resultado, foi reforçado o trabalho de limpeza e controle do mosquito Aedes aegypti na cidade, bloqueando o avanço das doenças que ele transmite”.

A diretora do Departamento de Vigilância em Saúde e Planejamento da Secretaria Municipal de Saúde de Ribeirão Preto, Luzia Márcia Romanholi Passos, esclarece que, apesar de este ano continuar apresentando queda de pessoas infectadas pela doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, é importante não facilitar. “A população deve ficar alerta e continuar exercendo a principal forma de evitar a doença, com prevenção, ou seja, não deixar água parada nos ralos, olhar os vasos, tomar cuidado com as garrafas, onde o mosquito se desenvolve”.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Já para chikungunya foram dois casos confirmados, mesmo número registrado em maio de 2016. Foram registrados e investigados também, oito casos suspeitos de zika vírus, mas nenhum confirmado.  Em maio de 2016, foram investigados 240 casos da doença.

Casos de microcefalia ou outras alterações neurológicas, possivelmente relacionadas à infecção pelo zika vírus, não foram relatados em maio de 2017. No mesmo período do ano passado, também não houve registro confirmado da doença.

De acordo com o levantamento, não foram registrados também casos de febre amarela durante os cinco primeiros meses deste ano.

Já os casos da Síndrome Respiratória Aguda Grave (Gripe causada pelo vírus Influenza), em maio deste ano, não houve nenhum caso confirmado em Ribeirão Preto.

Acesse o boletim completo.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Valor bloqueado de manifestantes sobe para R$ 18,5 milhões

A Justiça Federal autorizou hoje (21) novos bloqueios de bens de suspeitos de financiar os atos que resultaram na depredação dos prédios dos Três Poderes...

José Dirceu propõe reestruturar papel dos militares no Brasil

Militares precisam voltar para os quartéis e sair de órgãos do governo, sugere. José Dirceu de Oliveira e Silva, ex-ministro da Casa Civil de Lula,...

Lula quer endurecer penas para crimes ‘contra a democracia’

O Ministério da Justiça e Segurança Pública trabalha em uma proposta para endurecer as punições para crimes “contra a democracia”. O projeto, ainda a...

Lula nomeia novo comandante do Exército; Saiba quem é o General Tomás

O governo federal anunciou na tarde deste sábado (21) que o general Tomás Miguel Ribeiro Paiva é novo comandante do Exército. O ex-comandante Militar...

General demitido por Lula reúne Alto Comando do Exército

Objetivo é anunciar a decisão do presidente de demiti-lo
- PUBLICIDADE -