Início Região Matão Velho safado de 60 anos é acusado de estuprar criança e toma...

Velho safado de 60 anos é acusado de estuprar criança e toma veneno para se matar

- continua após a publicidade -

Segundo as informações o avô mora em Matão, no Jardim Morumbi e a criança teria vindo passar uns dias com ele.

Com a criança em casa, um vizinho teria ouvido ela chorar falando que estava doendo, e o vizinho então acionou os pais da criança, que buscaram a mesma.
A criança foi levada para a cidade onde ela mora, onde foi constatado o abuso, e o estupro já estaria acontecendo há bastante tempo, segundo as informações.

Ainda segundo as informações de testemunhas, os pais fizeram a denúncia em Matão e foi pedida a prisão do velho canalha de 60 anos.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Sabendo que teve o pedido de prisão preventiva, o idoso se recolheu a um sitio e então teria tentado se matar, tomando veneno, e foi encaminhado ao hospital de Matão, onde permanece internado.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Série B: Botafogo e Juventude empatam em Ribeirão Preto

Veja a classificação atualizada da Série B do Brasileiro.

Misterio, chama padre Quevedo ou bispo Macedo: Casos de dengue têm queda desde abril

Em Ribeirão Preto os casos sumiram misteriosamente dos boletins da secretaria da saúde. Em novembro, foi confirmado apenas um caso.

Rede de Posto Monte Carlo traz para as rodovias da região de Ribeirão Preto unidades do Frango Assado e Pizza Hut

Com mais de R$ 100 milhões em investimentos, negociação trará para os consumidores marcas consagradas e desejadas, gerando 700 empregos diretos

Foi inaugurado Ecoponto no Jardim Palmeiras II

Local é destinado à entrega voluntária de pequenos volumes de entulho, móveis velhos, madeiras, recicláveis e massa verde

MARP convida para o 45° Salão de Arte de Ribeirão Preto

A exposição do SARP 2020 acontecerá até 18 de dezembro e de 05 a 23 de janeiro de 2021, no MARP