InícioRegiãoJaboticabalBrincadeira com veiculo em movimento mata passageiro

Brincadeira com veiculo em movimento mata passageiro

- continua após a publicidade -

Um acidente nesta madrugada, próximo a Unesp matou um jovem em Jaboticabal.

Segundo as informações 3 jovens estavam em um carro, a condutora dirigia próximo ao meio fio, Simon Almeida vinha com parte do corpo para fora do veiculo.
Em determinado momento o veiculo passou muito próximo a calçada batendo contra uma arvore, e Simon bateu violentamente a cabeça contra a arvore, vindo a óbito.

Os outros dois ocupantes do veiculo nada sofreram. A policia colheu sangue da motorista pra verificar se esta estaria embriagada.

Segundo informações Simon Almeida, e amigos vieram de Monte Alto pra Jaboticabal.
Quando foram embora ele estava no banco de passageiro e uma amiga ia conduzindo o veículo.
Por motivos a serem melhores esclarecidos, ele estava com metade corpo pra fora do veículo, quando ela perdeu o controle e bateu numa árvore. O Rapaz acabou vindo a óbito.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Simon Almeida era muito querido entre os amigos que se manifestaram:

Uma amiga disse ” Meu amor, eu de fato não sei o que dizer, porque a dor é muito grande. Meu Deus, eu não consigo e não quero acreditar que te perdi, porque você me prometeu ano que vem vir me ver e prometemos tantas outras coisas, sempre falávamos que mesmo distantes, sem tempo, as resenhas jamais iriam mudar e eu tbm sentia ciumes de suas novas amizades por isso brigava sempre que a gente se falava, nossa, isso é tão banal, mas é uma forma de amar e teus áudios enormes, queria eles outra vez, mesmo brigando contg!
Cuchi que saudade de sua gargalhada louca,quando vou te ouvir outra vez?! Por favor, não faz assim, está doendo, eu te amo e amo… nossas loucuras, nossa amizade é de década e será se centena, porque você se foi levando um pedaço de mim e eu fiquei com outo pedaço de ti! ?
#Meu_Eterno_Cuchi *-* ”

Um amigo tentou descrever o sentimento ” Não dá nem pra acreditar, a ficha ainda não caiu. Compreender os propósitos de Deus muitas vezes pode ser uma tarefa bem difícil, principalmente quando a tristeza bate na nossa porta porque acabamos de perder um ente querido. Lágrimas passam pelos nossos olhos constantemente e o vazio da saudade aumenta o sofrimento severamente.

Hoje a saudade nos faz mais uma visita, mas não vem acompanhada da tristeza como protagonista. Com corações mais confortados, dedicaremos este dia para relembrar os bons momentos que foram compartilhados e como a presença de uma pessoa tão querida foi capaz de transformar tantas vidas abençoadas.

Que a dor da nossa perda possa ser diminuída um pouquinho a cada dia. O vazio que ficou jamais será preenchido, mas com a paz de Deus em nosso corações será bem menos difícil. O céu comemora hoje uma pessoa muito querida, que para sempre estará na nossa memória e influenciará eternamente a nossa história. #Luto#SaudadesEternasMeuAmigo

 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

A economia a “gente vê depois” leva mais de 2 milhões a extrema pobreza

Pelo menos 2 milhões de famílias brasileiras tiveram a renda reduzida e caíram para a extrema pobreza entre janeiro de 2019 e junho deste...

Quem foi vacinado com coronavac continua proibido de entrar em países que aceitam turistas

A santa medicação do Doria, continua proibida em vários países que já abriram suas fronteiras. E como ficam os imunizados que precisam viajar?

‘Sofrimento global’ faz buscas por ajuda emocional e prevenção ao suicídio aumentarem

Psicológicos relatam aumento de transtornos alimentares e psicológicos na pandemia e falam em ‘crises potencializadas’; Centro de Valorização da Vida registrou 147 mil atendimentos a mais apenas em 2020

Dirigente do Botafogo esquece a tradição e coloca o time entre os da várzea

Agora a torcida vai precisar trocar os bumbos e tambores por rosário, bíblia e agua benta, se não quiser estar ao lado do Leão

Governo federal anuncia dose de reforço para profissionais de saúde

Aplicação extra ocorrerá a partir de seis meses da imunização completa
- PUBLICIDADE -