InícioPolíticaVereadora Gláucia Berenice oficia Ministério Publico contra redução de repasse para as...

Vereadora Gláucia Berenice oficia Ministério Publico contra redução de repasse para as creches

- continua após a publicidade -

A vereadora Gláucia protocolou um ofício, à promotoria da Cidadania, para que o Ministério Público intervenha junto à Secretaria de Educação para suspender uma decisão administrativa que prevê o corte de até 35% no repasse de verba para as creches conveniadas, mantidas por entidades filantrópicas, que atendem aproximadamente 3 mil crianças em Ribeirão Preto.

“As entidades mantêm as atividades educacionais com déficit, tendo que trabalhar também para complementar o valor repassado pela prefeitura. Ainda assim, não abandonam o atendimento aos alunos que, se não fosse feito, mais que dobraria a falta de vagas na cidade”, esclarece a vereadora.

A estimativa de falta de vagas em creches atualmente ultrapassa 3 mil.

A Secretaria mandou um comunicado no início do mês às entidades alegando queda na arrecadação por conta da pandemia e que, por isso, deveriam optar por um corte linear de 20% no repasse até o fim do exercício ou escalonado de 35% a 10%, sendo o corte mais alto enquanto não houver aulas presenciais e reduzindo ao mínimo quando 70% das aulas forem presenciais. 

O órgão diz no mesmo comunicado ser imprescindível a redução, embora reconheça que as entidades têm mantido adequadamente as aulas on-line e o suporte aos alunos.

As entidades contabilizam o prejuízo com a redução do repasse, podendo gerar um déficit adicional entre quatro e dez mil reais, dependendo de haver ou não cortes no quadro funcional. 

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A Unef (União das Entidades Filantrópicas de Ribeirão Preto e região) divulgou um manifesto revelando um sério risco para a sobrevivência das entidades. Entretanto, compreendem o momento delicado por qual passa a cidade e propuseram um corte linear de 10%, mas não foram atendidas.

“Por isso solicitei ao Ministério Público, que sempre acompanhou as discussões a respeito da falta de vagas em creches, para uma intermediação no sentido de preservar o trabalho realizado por essas entidades que o município não pode prescindir sob pena de aumentar um problema social em plena pandemia”, alerta a vereadora.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -