• Política
Início Política Senado conclui votação da Previdência

Senado conclui votação da Previdência

PEC ainda precisa ser votada em segundo turno para promulgação

- continua após a publicidade -

O plenário do Senado acabou de concluir a votação em primeiro turno da proposta de emenda à Constituição (PEC) que altera as regras da Previdência no país. Às 15h42, o presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP) proclamou a rejeição do último destaque, do partido Rede, por 52 votos a 20, e encerrou a sessão. 

O Senado ainda precisa aprovar a PEC em segundo turno para que a reforma da Previdência possa ser promulgada. Ontem (1º), Alcolumbre tinha dito que pretende concluir a votação em segundo turno até o próximo dia 10. No entanto, governadores insatisfeitos com a regulamentação da partilha do excedente da cessão onerosa querem adiar a votação para o dia 15. 

O destaque da Rede buscava suprimir a idade mínima para aposentadoria especial para profissões com exposição a agentes nocivos à saúde. Em dois dias de sessão, o único destaque aprovado foi o que retirou a restrição do abono salarial apenas para quem ganha até R$ 1.364,63. 

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Com a aprovação do destaque, o abono salarial continuará a ser pago aos trabalhadores – com carteira assinada há pelo menos cinco anos – que recebem até dois salários mínimos. A restrição do pagamento do abono salarial geraria economia de R$ 76,2 bilhões ao governo nos próximos dez anos, segundo o Ministério da Economia. 

O governo precisava de 49 votos para derrubar o destaque apresentado pelo Cidadania e manter a restrição ao abono salarial, que constava do texto aprovado pela Câmara dos Deputados e pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado, mas teve sete votos a menos que o necessário. O destaque obteve 42 votos sim (que manteria o texto da Câmara) e 30 votos não (que retiraria o ponto da reforma), mas a maioria foi insuficiente para manter a restrição. 

Retomada 

O Senado retomou, no início desta tarde, a votação dos destaques à proposta de reforma da Previdência. Além do destaque da Rede, dois foram rejeitados.

O primeiro, do PDT, queria alterar a proposta de idade mínima para mulheres que, na PEC, passa a ser de 62 anos. O partido queria manter o critério atual, de 60 anos de idade. A presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Simone Tebet (MDB-MS), e a senadora Eliziane Gama (Cidadania -MA), foram a favor da rejeição argumentando que a medida seja debatida na PEC Paralela, já em debate no Senado. 

Outro destaque rejeitado foi apresentado pelo PT. A proposta alteraria a fórmula de cálculo de pensão por morte. 

Destaques retirados

Dos seis destaques que seriam submetidos ao plenário do Senado nesta quarta-feira (2), três foram retirados. O primeiro, do Pros, pretendia modificar a aposentadoria especial para os trabalhadores expostos a agentes nocivos à saúde, mantendo a aposentadoria sem idade mínima. A emenda, se aprovada, diminuiria a economia prevista com a reforma em R$ 57,6 bilhões. 

O segundo destaque retirado foi do MDB que regulava o pagamento de contribuição previdenciária de pensões de anistiados políticos. 

O Podemos também voltou atrás na proposta que queria aliviar uma das regras de transição para servidores públicos e trabalhadores da iniciativa privada, retirando o pedágio de 100% – que dobra o tempo de contribuição restante – para quem está sob a regra que combina idade mínima de 57 anos (mulher) e 60 anos (homem) mais o pedágio. Pelo acordo construído com o líder do governo na Casa, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), a proposta será discutida com a equipe econômica e voltará por meio de uma proposta de emenda à Constituição (PEC) autônoma.

publicidade
publicidade

Últimas Notícias

Caixa antecipa calendário de saques de até R$ 500 do FGTS

O novo calendário ficou da seguinte forma:

Queda de avião mata três pessoas em Belo Horizonte

Outras três pessoas em estado grave foram encaminhadas para hospital

Saúde entrega mais quatro ambulâncias e renova em 100% frota do Samu

Cerimônia acontece nesta terça-feira (22) na UBS Adão do Carmo Leonel; unidade de saúde reformada também será entregue à população do bairro

Dia triste: SESI devolve à Prefeitura prédios cedidos há 52 anos e deixa de...

Unidades serão readaptadas para atender 1.156 crianças de zero a cinco anos na rede municipal de ensino

USP realiza 2ª edição de Festival de Comunicação e Artes

O Festival Vórtex propõe uma reflexão sobre as Faces do Humor dentro das áreas de comunicações e artes

Projeto esclarece dúvidas sobre o câncer de mama e também realiza exames de glicemia,...

Atividade gratuita acontece no dia 22 de outubro, das 10h às 18h, no Piso 1 do ShoppingSantaÚrsula, com atendimento ao público por ordem de chegada

Paraciclista da Equipe de RP é campeã do Campeonato Paulista

Mariana Garcia faturou a etapa de Guaratinguetá no último final de semana e conquistou o título estadual

Cães adultos devem ser vermifugados a cada três meses

"Manter a vermifugação em dia é tão importante quanto ter as vacinas atualizadas", alerta médica-veterinária

O santo do pau oco? Justiça bloqueia 41 milhões de Léo Oliveira

Valor corresponde ao prejuízo total aos cofres públicos

Feiras multidisciplinares apresentam soluções criativas para o desenvolvimento sustentável neste sábado, 19

Com entrada aberta para a comunidade, o Colégio Lacordaire promove neste sábado, 19 de outubro,  das 13h às 17h30,  mais uma edição dos eventos:...
- PUBLICIDADE -