InícioPolíticaRibeirão Preto vai para as ruas contra a ditadoria

Ribeirão Preto vai para as ruas contra a ditadoria

Manifestações neste 14 de março em todo o Brasil, dão o recado. (vídeos)

- continua após a publicidade -

A população já esta cansada de ter seus direitos vilipendiados diariamente.
O ditador de São Paulo esta colocando em pratica o que seus parceiros ditam.
A China esta tomando conta das ruas, pequenos e grandes negócios e estão dando as diretrizes para o governo.

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro foram às ruas neste domingo (14) e mobilizaram diversas carreatas pelo país.

A pauta principal foi protestar contra o endurecimento das medidas de restrição impostas sob a justificativa de conter o avanço da Covid-19.

Governadores e prefeitos insistem em adotar um modelo de reclassificação que insere vários segmentos na lista de medidas proibitivas.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Serviços de retirada de alimentos, lojas de materiais de construção, atividades religiosas coletivas e atividades esportivas coletivas estão com restrição completa em diversos estados brasileiros.

Insatisfeitos com as recentes decisões, empresários e comerciantes se mobilizaram com apitos, bandeiras do Brasil, cartazes e faixas. Os manifestantes de diferentes setores produtivos pediam o fim do decreto que segue afetando vários setores econômicos.

Av. Paulista

Pelo Brasil:

Matéria em atualização

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -