InícioPolíticaO socialismo sendo implantado e a população nem percebe

O socialismo sendo implantado e a população nem percebe

Novo rodízio em SP afeta motoristas de aplicativo, caminhoneiros e trabalhadores noturnos. O direito do brasileiro cada dia mais é deletado.

- continua após a publicidade -

Muitos trabalhadores foram surpreendidos com a decisão da Prefeitura de São Paulo de endurecer as regras do rodízio de veículos na cidade durante a pandemia do novo coronavírus. Motoristas de aplicativo de transporte e funcionários noturnos estão apreensivos e temem perder ainda mais a renda.

Muito que hoje vão ao trabalho com carro próprio, serão obrigados a usar o transporte publico, aumentando a aglomeração. É melhor colocar mais pessoas dentro de ônibus e metrô, ou deixar que cada um que pode se desloque com seu veiculo?

Os motoristas de aplicativos que já tiveram sua renda diminuída, agora serão obrigados a trabalhar dia sim e outro não.

Os caminhoneiros que já enfrentam problemas inclusive de alimentação, pois muitos postos de serviços estão proibidos de servir alimento, agora terão que se adequar ao rodízio e muitas vezes passar o dia parado, esperando que a placa de seu veiculo esteja liberada. Ou seja a renda cai, pois demora mais para poder fazer sua entrega.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -
arquivo

Adalberto Alves trabalha 12 horas por dia nos sete dias da semana como motorista de aplicativo. Com a nova regra, ele poderá, a partir de segunda-feira (11), apenas circular dia sim dia não na capital paulista, de acordo com a placa do veículo. Ele trocou de carro recentemente e diz que já vê problemas para pagar as contas.

O decreto que institui o rodízio foi publicado nesta sexta-feira (8) com algumas alterações. Estão fora da restrição carros particulares de agentes da segurança pública, fiscais da fazenda, profissionais da imprensa, trabalhadores do serviço funerário e da assistência social, além dos profissionais de saúde. A liberação será feita mediante um cadastro feito pela empresa na Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes, com informações do trabalhador e do veículo.

foto arquivo

Trabalhadores noturnos

Quem trabalha à noite está preocupado em não conseguir chegar no serviço ou voltar para casa depois de uma exaustiva jornada de trabalho, já que o rodízio vale também nas madrugadas. Márcio Mingote de Oliveira está há 15 anos na Ecourbis, empresa que faz a coleta de lixo na cidade. Ele é motorista do caminhão das 18h15 até quase 2h da manhã. Ele e os outros três colegas da equipe usam o carro particular nos deslocamentos.

Isenção do rodízio

Algumas categorias e serviços podem circular apesar do rodízio. São isentos de restrição motocicletas, viaturas da polícia e bombeiros, Forças Armadas, Defesa Civil, veículos usados em serviços essenciais como abastecimento, gás, água, energia, obras, Correios, coleta de lixo, transporte escolar e coletivo, guinchos e ambulâncias.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Necta Gás Natural patrocina Music Run em Ribeirão Preto

Corrida acontecerá dia 23 de junho em comemoração ao aniversário da cidade

Preparativos para Festa do Peão de Barretos: CNAR promove capacitação de profissionais de saúde animal no Parque do Peão

Encontro acontece no Parque do Peão e contará com palestras sobre atuação em emergências, resgate e bem-estar animal no rodeio. Dr. Leonardo Castro é confirmado como um dos palestrantes

AMESLARI faz homenagem a Ribeirão Preto, sua cidade natal

Cantor lança sua primeira música cantada em português

Tributo ao Depeche Mode é atração em Ribeirão Preto

"Depeche Mode Experience", sobe ao palco do Hard Rock Cafe, no dia 21/06 (sexta-feira), às 21h; Os ingressos já estão à venda 

Testemunhas de Jeová constroem novo local de reuniões em Barrinha

A inaugurarão do novo auditório, conhecido como Salão do Reino, deve ocorrer em poucas semanas. A construção está sendo feita inteiramente por voluntários.
- PUBLICIDADE -