InícioPolíticaNovo: “Quem não tomar vacina não deve frequentar espaços públicos”

Novo: “Quem não tomar vacina não deve frequentar espaços públicos”

João Amoedo, fundador do partido NOVO, defende obrigatoriedade de vacina ou impedimento de frequentar hospitais, ruas. NOVO só no nome.

- continua após a publicidade -

O fundador do Partido Novo, João Amoêdo, foi às redes sociais neste domingo (18) para realizar um comentário em torno da polêmica sobre a vacina contra a covid-19.

A temática tem sido muito discutida nas redes sociais, sobretudo após a declaração do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que na sexta-feira (16) garantiu que o imunizante será obrigatório aos 45 milhões de paulistas.

Em seu Twitter, Amoêdo afirmou que “A vida em sociedade pressupõe liberdade com responsabilidade. Quem decide não tomar vacinas, que evitam doenças contagiosas, não deveria poder frequentar espaços públicos, ruas, hospitais e escolas. E sim, permanecer isolado até que todos os demais sejam vacinados”.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Confira a programação da feira do livro de Ribeirão Preto que começa na próxima sexta-feira (19)

A FIL é CONSIDERADA A 7ª MAIOR FEIRA LITERÁRIA DA AMÉRICA LATINA E A 2ª MAIOR DO BRASIL.

Feira do Livro: Começa montagem da estrutura da edição 2022 em Ribeirão Preto

Após dois anos de espera, a 21ª edição da Feira Internacional do Livro já está sendo montada na Praça XV de Novembro

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve
- PUBLICIDADE -