InícioPolíticaNota de falecimento: Dom Luiz de Orleans e Bragança - Chefe da...

Nota de falecimento: Dom Luiz de Orleans e Bragança – Chefe da Casa Imperial do Brasil (1938-2022)

Dom Luiz Gastão Maria José Pio Miguel Gabriel Rafael Gonzaga de Orleans e Bragança foi primogênito do Príncipe Dom Pedro Henrique de Orleans e Bragança

- continua após a publicidade -

O Secretariado da Casa Imperial do Brasil cumpre o doloroso dever de comunicar o falecimento de Sua Alteza Imperial e Real, o Principe Dom Luiz de Orleans e Bragança, Chefe da Casa Imperial do Brasil, confortado pelos Sacramentos da Santa Igreja Católica e Bênção Apostólica, hoje, dia 15 de julho de 2022, na cidade de São Paulo, aos 84 anos de idade.

O velório terá lugar nos dias 16 e 17, na Rua Maranhão, 341 – Higienópolis, São Paulo, SP, aberto ao público na parte da tarde, e no dia 18, das 10 às 13 horas. A Missa de corpo presente será celebrada em sua Paróquia, a Igreja de Santa Teresinha (Rua Maranhão, 617, Higienópolis, São Paulo, SP) no dia 18, às 13 horas, após, o cortejo fúnebre sairá para o Cemitério da Consolação.

Dom Luiz Gastão Maria José Pio Miguel Gabriel Rafael Gonzaga de Orleans e Bragança foi primogênito do Príncipe Dom Pedro Henrique de Orleans e Bragança, Chefe da Casa Imperial do Brasil a partir do falecimento da Princesa Isabel em 1921, e da Princesa Dona Maria Elizabeth da Baviera. Nasceu a 6 de junho de 1938, no exílio, em Mandelieu-la-Napoule, França, e foi registrado no Consulado-Geral do Brasil em Paris.

Ao fim da Segunda Guerra Mundial, em maio de 1945, a Família Imperial do Brasil pôde retornar a seu país, encerrando assim o injusto e penoso exílio imposto pelo golpe republicano de 15 de novembro de 1889. Com o falecimento de seu pai em 1981, o sucedeu na Chefia da Casa Imperial.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Ao longo das quatro décadas seguintes, participou ativamente de encontros monárquicos e eventos cívicos e culturais, buscando sempre o contato vivo com a realidade da Nação brasileira. No exterior, além do cumprimento das suas obrigações dinásticas e familiares em ocasiões da vida social da realeza europeia, proferiu palestras nos Estados Unidos e na Europa. Dotado de sólida formação cultural, aplicou-se sempre, com sua proverbial afabilidade e firmeza, à defesa dos princípios da civilização cristã.

Em 1987 empenhou-se no convencimento dos deputados constituintes para a abolição da “cláusula pétrea” — dispositivo constitucional injusto e discriminatório fixado na Constituição de 1891 que proibia qualquer proposta de modificação da forma republicana de governo, dispositivo esse repetido na Constituição de 1967, então em vigor, e que deixava os monarquistas como cidadãos “fora da lei”. Para tal endereçou sua célebre “Carta aos Srs. membros da Assembleia Nacional Constituinte”, concorrendo eficazmente para a convocação  do Plebiscito sobre a Forma e Sistema de Governo realizado em 21 de abril de 1993.

Católico Apostólico Romano, professou como leigo na Venerável Ordem Terceira do Carmo, tendo recebido sólida formação religiosa e moral de seus pais, complementada, durante a juventude, pelo Prof. Plinio Corrêa de Oliveira, amigo de infância de seu pai e fundador em 1963 da Sociedade Brasileira da Tradição, Família e Propriedade – TFP. Ingressou em 2006 no Instituto Plinio Corrêa de Oliveira – IPCO, fazendo parte de sua diretoria.

Na qualidade de herdeiro dinástico dos Imperadores do Brasil, o Príncipe Dom Luiz foi, por direito, Grão-Mestre das Imperiais Ordens de Nosso Senhor Jesus Cristo, de São Bento de Avis, de Santiago da Espada, do Cruzeiro, de Pedro I e da Rosa.

Foi também Bailio Grã-Cruz de Honra e Devoção da Ordem Soberana e Militar Hospitalária de São João de Jerusalém, de Rodes e de Malta (Ordem de Malta); Grã-Cruz da Ordem Equestre do Santo Sepulcro de Jerusalém, da Santa Sé; Grã-Cruz da Real Ordem Militar de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa, da Casa Real de Portugal; e Grã-Cruz da Sagrada e Militar Ordem Constantiniana de São Jorge, da Casa Real das Duas Sicílias.

Seu irmão, o Príncipe Dom Bertrand de Orleans e Bragança, que a todos encarece orações em sufrágio da alma do Príncipe Dom Luiz, o sucede como Chefe da Casa Imperial do Brasil.

Secretariado da Casa Imperial do Brasil

www.monarquia.org.br

Facebook: Pró Monarquia

Instagram: @promonarquia

condolências@monarquia.org.br 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -