InícioPolíticaA Fujona III: Duda Hidalgo abandona audiência do Conselho de Ética

A Fujona III: Duda Hidalgo abandona audiência do Conselho de Ética

Um filme com mesmo tema mas com vários capítulos, envolve sumiço da vereadora usando nosso carro para fins particulares. Vamos ter pizza na câmara?

- continua após a publicidade -

Um filme com mesmo tema mas com vários capítulos, envolve sumiço da vereadora usando nosso carro para fins particulares. Vamos ter pizza na câmara?

O aguardado depoimento da vereadora Duda Hidalgo (PT) ao Conselho de Ética da Câmara de Ribeirão Preto não ocorreu. A vereadora, acusada de utilizar seu carro público para participar de eventos partidários e particulares, deveria ser ouvida ontem, mas deixou a reunião sem falar. A defesa aponta que um erro do próprio Conselho impediu o depoimento.

Depois que cinco testemunhas arroladas pela defesa prestaram depoimento – outras quatro faltaram – Duda iria falar aos parlamentares, mas seu advogado alegou que o vereador Maurício Vila Abranches (PSDB), presidente do Conselho, teria usado a expressão “encerramos a instrução” pouco antes do depoimento.

A defesa entendeu que, encerrada a instrução, Duda não poderia mais prestar depoimento, e, depois de questionar o fato e ter o pedido para que ela não falasse negado, resolveu abandonar a audiência. Sem representante legal, Duda também saiu sem prestar o depoimento. A defesa pede, agora, que ela seja ouvida em outra oportunidade.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Ernesto Paulino, advogado de Duda, afirmo que espera uma nova designação da audiência. “Não que ela não quisesse ser ouvida, muito pelo contrário. Mas existe formalidades a seguir, o rigor da lei, que é o que caracteriza o contraditório e a ampla defesa. O que a gente vê são idas e vindas de alguns membros do Conselho que geram insegurança jurídica para a defesa (…) temos cobrado o cumprimento da legislação que, na nossa visão, tem sido ofendida”,

arquivo

Procurado, o Conselho de Ética lamentou a postura da vereadora e informou que o que havia sido encerrado era a instrução das testemunhas e que Duda não era testemunha, e sim acusada. Também considera que o fato de a parlamentar ter deixado a audiência foi uma opção dela de não prestar esclarecimentos.

Segundo o Conselho, o próximo passo é esperar a defesa final da parlamentar, que deve ser entregue em cinco dias úteis. Depois disso, o parecer deve ser votado no Conselho e, se aprovada a resolução, a decisão sobre a cassação deve sair em até 15 dias.

Estratégia

Para Matheus Delbon, advogado especialista em direito público, a defesa tem utilizado uma estratégia para tentar atrasar o andamento do processo. “Houve um mandado de segurança impetrado pedindo a suspensão do processo, e alguns pedidos de adiamento para os depoimentos”, disse, em entrevista ao programa Thathi Cidades, do Grupo Thathi.

O especialista acredita, ainda, que a estratégia de atacar juridicamente se deve ao fato de, no entender dele, haver poucas chances de se contestar provas materiais como o registro da passagem do carro público por rodovias de São Paulo. “É um sistema da Polícia Militar, é uma prova material díficil de ser contestada. Acredito que a defesa da parlamentar seria mais tranquila se optasse por defender a participação nos atos políticos como essenciais para sua atividade parlamentar, mas a contestação jurídica é certamente uma estratégia”, avaliou.

O caso

A parlamentar é investigada pelo Conselho por ter sido acusada por um munícipe de improbidade administrativa, ao usar o carro público para deslocamentos particulares e com fins partidários.

Viagens com carro oficial de Duda Hidalgo são investigadas

Procura-se: Vereadora some e precisa ser convocada pelo diário oficial

Petista sendo petista: Vereadora Duda Hidalgo se complica

arquivo

Conforme materia de jornaltribuna.com.br

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -