InícioMundoTrump interrompe coletiva de imprensa por causa de tiros na Casa Branca

Trump interrompe coletiva de imprensa por causa de tiros na Casa Branca

A corporação avisou que o suspeito em questão foi atingido por disparos de arma de fogo. A identidade do sujeito não foi divulgada até o momento.

- continua após a publicidade -

A coletiva de imprensa que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, concedia na tarde de hoje foi interrompida de forma abrupta.

Isso porque o republicano foi retirado por um segurança da sala onde conversava com jornalistas. Ao voltar para o ambiente minutos depois, o próprio mandatário norte-americano avisou que a interrupção ocorreu porque o lado de fora da Casa Branca havia sido palco de “tiroteio”.

De acordo com informações do site do jornal Washington Post, o Serviço Secreto dos Estados Unidos avisou ter realizado ação contra um homem que estava nas proximidades da sede do Poder Executivo federal norte-americano.

Dessa forma, a corporação avisou que o suspeito em questão foi atingido por disparos de arma de fogo. A identidade do sujeito não foi divulgada até o momento.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Depois do susto, Trump voltou para a coletiva de imprensa e afirmou que o homem em questão foi encaminhado para o hospital.

Mas o estado de saúde dele não foi comentado pelo presidente dos Estados Unidos. Trump garantiu que, conforme compreendeu a atuação dos agentes do Serviço Secreto, o homem baleado estava armado.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Rayssa Leal, a Fadinha, fatura prata no skate street em Tóquio 2020

Com apenas 13 anos atleta é a mais jovem na história a conquistar uma medalha para o país

De virada Fogão vence o Ituano e cola no G-4

Com a vitória, o Pantera chegou a 16 pontos —mesma pontuação do Ituano, quarto colocado

Olimpíadas de Tóquio: Oitavas do surfe começam neste domingo com quatro brasileiros

Medina, Italo, Silvana e Tatiana caem na água a partir das 22h

Olimpíadas de Tóquio: Rebeca Andrade dá show e se classifica para três finais

Ginasta vai brigar por medalhas no solo, individual geral e salto, Flávia Saraiva conseguiu a vaga na final na trave.

Universidade federal terá cotas para detentos, ex-presidiários e refugiados

Ser bandido virou bom negocio no Brasil, com aplauso do PSOL a decisão penaliza o cidadão de bem
- PUBLICIDADE -