InícioMundoOMS diz que nunca aconselhou confinamento para ao combate ao coronavírus

OMS diz que nunca aconselhou confinamento para ao combate ao coronavírus

Segundo ela, governantes seguiram os passos de Wuhan, sem controlar rigidamente os infectados. E agora como ficam os defensores do #ficaemcasa, João trancarua e o Burro Covas? Vai ter coragem de ler e compartilhar?

- continua após a publicidade -

“A OMS jamais aconselhou de colocar um país em confinamento para combater a pandemia”, declarou a porta voz da OMS, Margaret Harris,

ao Sydney Morning Herald.

Segundo ela, vários países seguiram os passos de Wuhan para lidar com a epidemia, sem controlar rigidamente os infectados e isolar as pessoas em contato com estes.

Ouvi muitos chamarem Bolsonaro de louco por defender esta posição. Mas Doria preferiu segui o exemplo do epicentro da doença na China.

Ao aplicar medidas de confinamento total, vários países seguiram o exemplo das autoridades Chinesas em Wuhan, com o surgimento do Covid-19.

Entretanto, estas medidas não foram implementadas totalmente, segundo Margaret Harris, porta-voz da Organização Mundial da Saúde (OMS), ao Sydney Morning Herald.

Nós jamais dissemos para aplicar medidas de confinamento. Nós sugerimos que se fizesse o acompanhamento, delineamento, isolamento e tratamento

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Entretanto, para as regiões onde o coronavírus se espalhou rapidamente, “os governantes chegaram ao ponto de colocar os seus países em quarentena, porque eles não se encontravam em condições de saber onde se daria a maior parte das transmissões”, afirmou a Dra. Harris.

O confinamento não é o suficiente

Além disso, esses países garantiram a eficácia da aplicação destas restrições, após ver que elas funcionaram em Wuhan. Exceto que eles não aplicaram todas as medidas:

Mas eles não levaram em conta coisas que também aconteceram em Wuhan: que houve um acompanhamento rigoroso dos [indivíduos que tiveram] contato; um isolamento rigoroso das pessoas que estiveram em contato [com infectados]; se certificaram que estas pessoas não iriam a lugar algum; e também uma triagem massiva. Portanto, fez-se muito mais do que simplesmente fechar a região.

Conselhos para encerrar o confinamento

Segundo ela, os países que tenham a intenção de encerrar o confinamento precisam localizar os focos de transmissão para isolá-los.

“Vocês devem ser capazes de separar as pessoas infectadas das saudáveis”, continuou a porta-voz da OMS.

Ela avisa que o mundo não derrotou a pandemia ainda, pois a propagação do vírus está apenas começando no Leste Europeu e na Rússia.

Embora a OMS tenha se engajado em analisar as consequências da pandemia de forma autônoma – algo que representa uma prática habitual, durante as grandes epidemias –, a organização não se opõe a qualquer investigação independente, reafirmou Margaret Harris.

[*] Editorial. L’OMS dit ne jamais avoir conseillé le confinement contre le coronavirus. Sputnik France, 27 de abril de 2020.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Projeto Guri ainda dispõe de vagas para cursos gratuitos de música na região de Ribeirão Preto

Matrícula diretamente no polo de ensino do Projeto Guri; não é necessário ter conhecimento prévio de música nem possuir instrumento musical

Covid-19: Butantan identifica nova variante recombinante em São Paulo

Trata-se da variante XG da cepa Ômicron. Eles não desistem e vão continuar controlando o gado que segue estes "cientistas" negacionistas.

Táxis poderão utilizar corredores de ônibus em Ribeirão Preto

Veículos de urgência e emergência também podem utilizar os corredores de ônibus a partir do dia 23 de maio

Entidades Assistenciais começam a receber cobertores da Campanha do Agasalho

Confira os locais de doação no site da Campanha do Agasalho. A campanha, que segue até o dia 31 de agosto, tem como objetivo arrecadar cobertores e agasalhos, novos ou usados em bom estado de conservação

Projeto CineMaterna do Shopping Iguatemi Ribeirão Preto exibe filme Doutor Estranho no Multiverso da Loucura

Sessão adaptada para receber as famílias será exibida na próxima quarta-feira, dia 18
- PUBLICIDADE -