Início Mundo Médico italiano vacinado contra covid há 6 dias testa positivo

Médico italiano vacinado contra covid há 6 dias testa positivo

Segundo as autoridades sanitárias locais, o médico foi hospitalizado neste sábado (2) e está sendo acompanhado, mas não apresenta sintomas.

- continua após a publicidade -

Um médico do hospital Umberto 1º, em Siracusa, na Itália, que foi vacinado contra o novo coronavírus Sars-CoV-2 há seis dias, foi diagnosticado com a covid-19, informaram as autoridades sanitárias da Sicília neste domingo (3).

O profissional de saúde, cuja identidade não foi revelada, está entre os primeiros a serem imunizados no país com a vacina desenvolvida pela farmacêutica Pfizer em parceria com o laboratório alemão BioNTech.

Segundo as autoridades sanitárias locais, o médico foi hospitalizado neste sábado (2) e está sendo acompanhado, mas não apresenta sintomas. A hipótese é de que a contaminação não esteja correlacionada com a eficácia da vacina, porque a suspeita é de que o vírus já estava incubado antes da imunização.

O presidente do Conselho Superior de Saúde da Itália, Franco Locatelli, explicou que a proteção imunológica contra a infecção pelo vírus Sars-CoV-2 “só está completa após a administração da segunda dose da vacina anti-covid-19”.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Em artigos científicos é claramente relatado que mesmo em estudos clínicos as pessoas foram infectadas após a primeira dose, precisamente porque a resposta imunológica ainda não é completamente protetora. E só se torna assim após a segunda dose. Esse é um dos motivos para não abandonarmos o comportamento responsável após a vacinação”, alertou.

Nos últimos dias, ele havia ido, junto com um primeiro grupo de pessoas pertencentes à equipe médica de Siracusa, até Palermo para a administração das doses do imunizante. A atenção agora está voltada para todos que entraram em contato com o médico, inclusive aquelas que estavam no mesmo ônibus durante a viagem e outras que ele conheceu durante os procedimentos de vacinação.

foto ebc

Até o momento, não foram registrados outros casos semelhantes entre os profissionais de saúde da região.

De acordo com a Agência Italiana de Medicamentos (Aifa), a eficácia da vacina atualmente administrada na Itália foi demonstrada uma semana após a segunda dose. “Embora seja plausível que a vacinação proteja contra a infecção, os vacinados e as pessoas que estão em contato com eles devem continuar a adotar medidas de proteção anti-Covid-19”, finalizou.

arquivo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

COVID-19 atinge natalidade e Cartórios de Ribeirão Preto registram o menor número de nascimentos em janeiro

Nove meses após o primeiro mês com a pandemia instalada no Brasil, casais optam por não ter filhos e número de registros de nascimentos atinge o menor patamar, em relação à 2020

Renault anuncia investimento de R$ 1,1 bi no Brasil

O anúncio foi feito pelo presidente da Renault do Brasil, Ricardo Gondo, ao governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Jr.

Varejo do Brasil perdeu 75 mil lojas em 2020

O número é o saldo entre abertura e fechamento, São Paulo esta em primeiro lugar em fechamentos definitivos.

OMS condena o lockdown: não salva vidas e faz os pobres muito mais pobres

O Dr. David Nabarro, da OMS, apelou aos governantes para pararem de “usar lockdown como seu método de controle primário” do vírus da Covid....

Prouni abre inscrições para lista de espera nesta segunda-feira

Candidatos têm até terça-feira para manifestar interesse
- PUBLICIDADE -