InícioLazer e CulturaMuita música marca o aniversário de Ribeirão Preto

Muita música marca o aniversário de Ribeirão Preto

- continua após a publicidade -

Música de qualidade, durante 12 horas seguidas deste domingo, dia 18 de junho, marcou o 1º Festival Brasil Jazz Solidário e o Clube do Jazz Ribeirão Preto, que fazem parte das comemorações de 161 anos de Ribeirão Preto e reuniram milhares de pessoas.

O prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira, passou pelo Festival de Jazz, onde pode conversar com a população e ouvir excelentes e variadas músicas do intercâmbio musical que o evento proporcionou.

“O Jorge Nascimento e os músicos de Ribeirão Preto, fizeram e promoveram, com o apoio da Secretaria Municipal da Cultura e de muitos outros colaboradores, o 1º Festival Brasil Jazz Solidário com 100 artistas, de altíssimo nível, sendo 70% deles de Ribeirão Preto”, disse Nogueira.

A ideia do Festival foi promover o encontro das mais variadas vertentes da música instrumental ribeirão-pretana. Artistas, que não cobraram cachês, estiveram concentrados no mesmo palco produzindo 12 horas de músicas, num intercâmbio de experiências. Os gêneros musicais foram do choro tradicional ao contemporâneo, passando pelo jazz, fusion, sambas e outros diversos ritmos.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A presidente do Fundo Social de Solidariedade e primeira-dama Samanta Pineda, que estava acompanhando o prefeito, afirmou que as pessoas estavam alegres e festivas.

“O ribeirão-pretano estava precisando deste tipo de alegria. Está muito bonita a festa. Tem muita criança e muita família. Eu vi gente que provavelmente não sairia de casa e estão aqui participando. É só alegria para comemorar o aniversário de Ribeirão Preto”, disse Samanta.

Assistindo as apresentações estava também o Dercio Ferezin, músico e morador do bairro, que se encantou com a qualidade que o evento teve. “Achei formidável, muito interessante e bacana. Pelo menos saiu fora da nossa rotina. Está muito bonito”, afirmou Ferezin.

“Um ambiente familiar. Muito bonito e que poderia se repetir mais vezes. Está de parabéns os organizadores e também os frequentadores, pelo bom comportamento. Temos que agradecer os músicos”, disse Osvaldo Aparecido de Oliveira que levou toda a família para prestigiar o Festival.

O secretário da Cultura, José Carlos Ferreira de Oliveira Filho, elogiou e agradeceu a disposição dos músicos de Ribeirão Preto e região em homenagear a cidade.

“Esse é um sentimento que está se alastrando por toda a população, todo mundo está querendo ajudar. Vamos continuar ajudando a reerguer Ribeirão. O custo com os músicos foi o mínimo e todo o evento foi patrocinado pela iniciativa privada. A Secretaria somente fez o complemento”, comemorou o secretário.

Para o produtor e idealizador do 1º Festival Brasil Jazz Solidário, Jorge Nascimento, sua vontade de unir os artistas de Ribeirão Preto se tornou uma realidade.

“Esse festival está além das nossas expectativas. Um público maravilho que está aproveitando um espaço totalmente familiar. Através da colaboração de todos, propiciamos um evento de qualidade e de tamanha relevância para Ribeirão Preto”, falou Jorge.

Veja aqui galeria de fotos

O 1º Festival Brasil Jazz Solidário e o Clube do Jazz Ribeirão Preto promovem encontro das mais variadas vertentes da música instrumental. veja aqui a programação completa com mais de 150 músicos.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Vacinação: Agendamento para pessoas com 43 a 59 anos será aberto nesta quarta-feira (23)

Serão disponibilizadas 21 mil vagas; vacinação acontecerá na sexta-feira, sábado e segunda-feira, dias 25, 26 e 28 de junho

Receitas de sopas e caldos para fortalecer a imunidade nesse inverno

Gripe, asma, bronquite, sinusite e até pneumonia costumam ser mais comuns nessa época do ano - além de ainda estarmos em pandemia, sempre com o risco de contaminação do vírus da Covid-19.

Brasil antecipou mais de 16 milhões de doses de vacinas

Tem governador de calça colada, fazendo campanha dizendo que esta adiantando a vacinação, só não conta que isso é possível por conta do governo federal

Pediatra ensina receitas criativas e saudáveis para uma Festa Junina em casa

Junho chegou e, com ele, a lembrança das Festas Juninas que, mais uma vez, precisaram ser adiadas devido à pandemia.

‘Araraquara vive situação de pós-guerra’, afirma presidente da Ceagesp

“Havia pessoas passando fome, tendo de comer animais domésticos”, lamentou. “A situação que eu vi, na cidade, é de pós-Guerra.
- PUBLICIDADE -