InícioFutebolComercialEstádio Palma Travassos pode ser salvo por lei municipal nesta Terça-feira(11)

Estádio Palma Travassos pode ser salvo por lei municipal nesta Terça-feira(11)

- continua após a publicidade -

A Câmara Municipal de Ribeirão Preto, vai tratar de um assunto que interessa diretamente aos comercialinos:
Projeto de Lei 129/2017, proposto pelos vereadores, Elizeu Rocha, Renato Zucoloto e Alessandro . A Lei vai a votação e se aprovada entra em vigor imediatamente após a publicação no Diário Oficial.

O Projeto de Lei trata do tombamento do estádio Dr. Francisco Palma Travassos em patrimônio, histórico, cultural e arquitetônico da cidade de Ribeirão Preto.

Com aprovação, a Lei preserva a história da cidade através da arquitetura do imóvel, mas também servirá como uma forma de proteger o patrimônio do clube, uma vez que vem constantemente correndo o risco de ter o estádio leiloada para cobrir dividas.

Portanto, nesta terça-feira (11), às 18h00, o plenário da Câmara Municipal vai ficar alvinegra.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

O nosso adeus a Miguel Liporassi

Ribeirão Preto perde Miguel Liporassi: Não era polêmico nem agressivo, era respeitado pela qualidade, voz e equilíbrio nos comentários. E pela postura com os colegas, leal, ficava longe das intrigas de bastidores.

PREVISÕES DO TAROT EM JULHO DE 2022

As previsões para Julho de 2022, trazem transformação nas finanças, amor, relação familiar

Vice de Lula tem novamente bens bloqueados pelo Ministerio Publico

Justiça Eleitoral determina bloqueio de R$ 11,3 milhões em bens de Geraldo Alckmin no caso Odebrech

Multas no corredor de onibus da Vargas começa nesta Segunda-feira (4)

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, transitar pela faixa exclusiva de ônibus é considerada infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Congresso mundial online reunirá milhões de pessoas para falar sobre “paz”

Como sentir paz e tranquilidade apesar dos desafios provocados pelo aumento do custo de vida, da violência, dos desastres naturais, do ódio e das guerras?
- PUBLICIDADE -