Início Cidades Daerp amplia rede de distribuição de água no Valentina Figueiredo

Daerp amplia rede de distribuição de água no Valentina Figueiredo

- continua após a publicidade -

Mais água para a região do Jardim Heitor Rigon. É o que objetiva o Departamento de Água e Esgotos de Ribeirão Preto (Daerp) que iniciou, nesta segunda-feira, dia 20, os serviços de ampliação de rede de água na Avenida José Ferreira de Mello Nogueira, esquina com a Rua Francisco Romualdo de Souza, na zona Norte da cidade. A previsão é que o serviço seja concluído até o início de julho.

Outra equipe da autarquia trabalha, paralelamente, na Avenida João Batista Duarte, onde está instalando novas tubulações de água de 10 polegadas, em toda a extensão da via, iniciada na Valentina Figueiredo até a área do Poço do Jardim Heitor Rigon.

A obra, segundo o Daerp, terá cerca de 1.200 metros de extensão e visa melhorar significativamente o abastecimento nos bairros: Valentina Figueiredo, Geraldo Correia de Carvalho, Jardim Jandaia e Marincek, região que tem crescido muito em razão de instalação de novos empreendimentos habitacionais.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

5 milhões de doses da vacina chinesa chegam em outubro, avisa João Dória. Quem se habilita?

“Se tivermos esta terceira fase de testagem bem concluída no final do mês de outubro" Ou seja o governador chinês quer usar cobaias

Se­gre­gação: Ma­ga­zine Luiza só contratará ne­gros

Imagine uma loja dizendo “não contratamos negros, apenas brancos”. Isso é crime!, lei 7.716/89 art. 4º,§ 1º.

Lives do final de semana (19 e 20 de setembro)

Os shows presenciais e casas noturnas ainda estão proibidas, então a opção e separar a bebida e os petiscos e escolher a melhor opção

Nasce o Aliança o partido de Bolsonaro

Confira os documentos de petição e despacho. Vem ai o partido de direita que a esquerda tanto teme.

Hospital de Câncer de Ribeirão Preto inicia campanha para compra de novo mamógrafo

Equipamento atual tem mais de 10 anos e precisa de constantes manutenções que tem alto custo