Home » Cidades » Ruas com asfalto esburacado : Problema sem fim

Ruas com asfalto esburacado : Problema sem fim

Como em toda cidade o Pq. dos Servidores tem as ruas retalhadas por buracos grandes e profundos.

arquivo pessoal

Desviar dos buracos pelas ruas de Ribeirão Preto é uma missão inglória e em vão. São tantos e tão grandes que mais cedo ou mais tarde você vai cair em algum deles. Isso é uma certeza.

Pelas redes sociais ou até mesmo pessoalmente, o vereador Renato Zucoloto (PP) recebe reclamações diárias sobre as péssimas condições do asfalto em diversificados pontos da cidade.

“Em 2017 nós temos registros de três mortes no trânsito, causadas diretamente por buracos nas vias públicas. E não é só mais uma estatística. São três vidas, três pessoas, três famílias. É dessa maneira que precisamos começar a pensar, com mais empatia, se colocando no lugar do outro. Poderia ter sido eu, você, meus filhos, os seus filhos… Qualquer um de nós”, ressaltou o vereador Renato Zucoloto.

No bairro Parque dos Servidores, zona leste da cidade, a esmagadora maioria das vias públicas está em situação de calamidade. Carros e motos são obrigados a transitar excessivamente devagar, quase parando, e ainda em ziguezagues para desviar de verdadeiras crateras no asfalto.

 

Passamos pela Avenida Dr. Antônio Macário dos Santos e pelas ruas Renato Faraone, Altino Stefanelli e Valdomiro Franco Golmia. Em alguns dos buracos é perceptível que os moradores tentaram cobrir com terra ou areia, mas não funcionou. Mesmo nos raros pontos onde não existem buracos ou ainda onde eles não são tão grandes ou profundos, fica evidente que o asfalto de baixa qualidade está “esfarelando”.

“Aqui, todas as ruas tem buraco. Não tem uma rua sequer sem buraco. É demais, não tem condições uma coisa dessa”, afirma Vicente Paulo de Almeida que é motorista aposentado e morador no Parque dos Servidores.

Comente

Deixe uma resposta