InícioTurismoCachoeira, rio, nascente, represa ou piscina? Brotas tem todas as opções para...

Cachoeira, rio, nascente, represa ou piscina? Brotas tem todas as opções para se refrescar

- continua após a publicidade -

Já com temperaturas de verão, viajar para um destino de muita natureza e com várias opções para banho em água doce é um privilégio. Pois em Brotas, a capital do turismo de aventura, o turista pode escolher entre se refrescar em cachoeiras – são mais de 20 abertas à visitação -, no Rio Jacaré-Pepira, um dos mais limpos do Estado de São Paulo, na Represa do Patrimônio, lago de aproximadamente 14,5 hectares, na famosa nascente Areia que Canta, onde é possível acompanhar a água do Aquífero Guarani brotar do solo, jogando para cima pequenos grãos de areia muito brancos, e em piscinas dos ecoparques abertos para day use.

Aliás, há novidade no Ecoparque Recanto das Cachoeiras. Acaba de entrar em operação uma piscina semiolímpica com borda infinita e vista para um vale de encostas de vegetação preservada que poderia ser cenário de filme, tamanha a beleza! Não bastasse a vista espetacular, a piscina de 500 mil litros de água tem área que simula correnteza e cachoeira, é aquecida e tem bar molhado. E, do lado, spa com hidromassagem ao ar livre. Perfeito para relaxar após fazer as trilhas que levam às três cachoeiras da propriedade ou para quem quer mesmo é descansar.

Essa é a época do ano perfeita para as atividades na água em Brotas. Com sol forte no céu e temperaturas facilmente batendo os 30 graus, até as cachoeiras, que geralmente são mais frias, estão agradabilíssimas para banho e nado. Na terra do cantor Daniel, água significa aventura. São mais de dez atividades aquáticas. A mais conhecida é o rafting. Mais que uma atividade de aventura, descer o Jacaré-Pepira, passando pelas quedas, em bote inflável é uma experiência que propicia aos participantes enfrentar desafios, trabalhar em grupo e interagir com a natureza. Outra maneira de descer o rio é em caiaque. Mais rápido e ágil que o bote do rafting, é mais adrenalina.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Também vale muito a pena fazer boia-cross. Acomodado em uma boia individual, o turista deixa-se levar pela correnteza por um trecho do Jacaré-Pepira de corredeiras mais suaves ou medianas. Tradição entre os brotenses desde a década de 60, a atividade possibilita uma profunda interação com a natureza já que, além de estar dentro da água, há tempo e silêncio para observar a natureza às margens do rio. Se preferir algo mais tranquilo, o turista pode flutuar no rio usando coletes salva-vida, atividade muito relaxante. Na água, há ainda outras opções como canoagem, stand up paddle, aquaball, circuito cable e rapel.

Não há como não se render às águas de Brotas. Aliás, uma das quatro hipóteses para a origem do nome “Brotas” é em função dos vários “olhos d´água” existentes. E o município sabe aproveitar este rico recurso. Em 1911, já produzia a própria energia elétrica graças às corredeiras do Jacaré Pepira. A antiga Casa das Máquinas, localizada no interior do Parque dos Saltos, é testemunha da história. Outro exemplo é a Usina Jacaré, que funcionou entre 1944 e 1970 e para a qual as águas do rio foram represadas, formando a Represa do Patrimônio. Atualmente, Brotas usa suas águas para o turismo, atividade que cresce a cada ano. Sorte é de quem aproveita essa riqueza.

 

Serviço

Brotas fica a 160 quilômetros da Ribeirão Preto é acessada por rodovias duplicadas.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Botafogo encara S. José o frio e gramado sintético no sul

O treinador Argel Fuchs relacionou 20 jogadores para o duelo contra o São José-RS, marcado para este domingo (1º)

Governo estuda aumento do Bolsa Família, diz Guedes

A intenção é que o valor do benefício chegue a R$ 300.

Tribunal de Justiça abre concurso para para 845 vagas de Escrevente

Certame disponibiliza oportunidades entre diversas localidades do estado; veja como participar

Dois lotes de parques municipais serão administrados por iniciativas privadas

Gestão e encerramento do contrato (até cinco anos de contrato com a possibilidade de prorrogação por mais cinco anos).

Ribeirão Preto estende abertura do comércio a partir desta sexta-feira, dia 30

Medida se antecipa ao Plano São Paulo. Veja como ficam os horários.
- PUBLICIDADE -