InícioTecnologiaEm novo megavazamento, dados de brasileiros são expostos

Em novo megavazamento, dados de brasileiros são expostos

Entre os alvos estão integrantes do STF, parlamentares do Congresso e membros da Petrobras

- continua após a publicidade -

Mais de 10 milhões de senhas de e-mails de brasileiros foram expostas na internet em um vazamento global de 3,2 bilhões, ocorrido no começo de fevereiro — os criminosos miraram 2,18 bilhões de endereços únicos de e-mail.

Entre os alvos estão parlamentares da Câmara dos Deputados, ministros do Supremo Tribunal Federal e diretores da Petrobras — são mais de 70 mil credenciais do setor público.

Os números constam em uma análise feita a pedido do jornal O Estado de S. Paulo à empresa de cibersegurança Syhunt.

O arquivo de 100 GB foi publicado no mesmo fórum onde, em janeiro, hackers puseram à venda bases de dados que comprometeram 223 milhões de CPFs, 40 milhões de CNPJs e 104 milhões de registros de veículos, conforme noticiou a Revista Oeste.

arquivo
- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Ipem-SP detecta fraude em veículo-tanque em Ribeirão Preto

A Polícia Militar foi acionada após a constatação da fraude

SÃO TOMÉ DAS LETRAS: O QUE FAZER NA CIDADE MÍSTICA DE MINAS GERAIS

Dica de turismo para você fugir da cidade e passar um final de semana ou se programar para o próximo feriado.

Museu Casa de Portinari promove Música no Coreto, neste sábado (18)

Realizada na praça Martim Moreira, a apresentação contará com repertório de música popular; gratuita e respeitando todos os protocolos de segurança

ShoppingSantaÚrsula recebe a exposição “Arte que Fala”

Com curadoria da artista plástica e educadora Cristiane Cordeiro, mostra reúne cinco latas ilustrativas, com uma mensagem e link para palestras que fizeram parte da Feira Internacional do Livro 2021

Menor NÃO: Ministro destaca eventos adversos em adolescentes vacinados

Segundo Queiroga, foram identificados 1,5 mil eventos adversos em adolescentes imunizados. “A OMS não recomenda a vacinação de adolescentes
- PUBLICIDADE -