InícioSaúdeNogueira diz que pode mas não pode: Gláucia Berenice oficiou a Prefeitura...

Nogueira diz que pode mas não pode: Gláucia Berenice oficiou a Prefeitura sobre Hidroxicloroquina

“O tratamento precoce é o que vai tirar inúmeros pacientes das enfermarias e hospitais e vai salvar vidas."

- continua após a publicidade -

A vereadora Gláucia Berenice oficiou a Prefeitura Municipal e a Secretaria de Saúde para que divulguem por meios oficiais que não há vedações par a prescrição de Hidroxicloroquina pelos médicos da rede municipal de Saúde.

A vereadora se baseou em uma manifestação da Associação Médica Brasileira (AMB) que defende a autonomia do médico para prescrever a hidroxicloroquina, com a anuência do paciente.

Na semana passada, em depoimento prestado na Câmara Municipal, o próprio secretário de Saúde afirmou que não há vedação para a inclusão do medicamento no rol de remédios já adotado pela rede, como azitromicina.

divulgação

Nos ofícios dirigidos ao secretário e ao prefeito Duarte Nogueira, a vereadora propõe que seja editada uma portaria ou instrução para que, de maneira oficial, o município assuma a possibilidade de prescrição do medicamento, em caso de entendimento entre médico e paciente.

foto internet

“O tratamento precoce é o que vai tirar inúmeros pacientes das enfermarias e hospitais e vai salvar vidas. Já afirmei isso na audiência com o secretário e em outros documentos, pedindo a intervenção médica antes do agravamento dos casos confirmados”, relatou.

foto ebc
- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Na audiência, Gláucia defendeu a testagem domiciliar para evitar aglomeração no polo Covid. 

Ela também questionou por que os médicos estavam prescrevendo Tamiflu para casos suspeitos de Covid, remédio que não é fornecido pela rede e chega a custar R$ 260,00 a caixa com 10 comprimidos. 

O secretário admitiu que somente na UBDS da Vila Virgínia o medicamento está disponível e que o mesmo não serve para Covid.

Segundo ela, outro efeito do tratamento precoce pode ser o avanço no Plano São Paulo de flexibilização.

divulgaçao

“É notório que a alta ocupação de UTI’s vem nos mantendo na fase vermelha. Efeito colateral do tratamento precoce poderá ser o avanço da flexibilização”.


“Faço um apelo ao governo municipal que adote a providência encaminhada pelos ofícios e ofereça, na prática, um suporte profilático para o cidadão. As pessoas estão pedindo isso e, antes de tudo, elas têm o direito à vida e à saúde, conforme declara nossa própria Constituição”, concluiu.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Cerca de 40 mil pessoas não retornaram para receber a segunda dose da vacina contra Covid-19

Dados são Vigilância Epidemiológica, que conclama a população a procurar os postos de vacinação e manter o controle da doença

“Concertos Internacionais” apresenta homenagem a Astor Piazzolla

Concerto será transmitido no dia 23 de outubro, às 19h, como parte das comemorações de 91 anos do Theatro Pedro II

Nogueira quer que você receba agua do Rio Pardo nas torneiras

Hoje a agua do DAERP é do aquífero guarani, uma agua mineral será substituída por aguas do Rio Pardo. Você aprova esta mudança?

Atenção: Alerta para tentativa de golpe contra aposentados

Instituto de Previdência orienta beneficiários a não informar dados pessoais ou bancários

Ditador Moraes manda prender e extraditar Allan dos Santos

Se não estamos vivendo em uma ditadura do judiciário, o que se compara com atitudes destes loucos? Maduro, Chaves, Alexandre de Moraes...
- PUBLICIDADE -