InícioSaúdeJunho Vermelho, um mês dedicado à importância da doação de sangue

Junho Vermelho, um mês dedicado à importância da doação de sangue

Campanha de conscientização do Banco de Sangue de Ribeirão Preto reforça a importância do gesto solidário que salva vidas. De 7 a 30 de junho, doadores serão homenageados com um coração antiestresse

- continua após a publicidade -

A campanha Junho Vermelho, uma alusão à cor do sangue, realizada nacionalmente, foi criada com o objetivo de conscientizar a sociedade sobre a importância do gesto solidário de doar sangue, especialmente neste mês em que é celebrado, em 14 de junho, o Dia Mundial do Doador de Sangue.

No Banco de Sangue de Ribeirão Preto, ao longo do mês, haverá ações de conscientização alusivas à campanha, veiculadas em seus canais de mídias sociais – Facebook e Instagram -, com o tema:

“O Caminho para a Solidariedade”, cujo conceito é a trilha que o doador deve percorrer para praticar esse gesto solidário que pode salvar até 4 vidas. O mote complementar na peça ressalta: “É mais simples do que você pensa, o seu caminho pode ajudar outros 4. Doe sangue!”.

De acordo com Eli Mendes, líder de captação do Banco de Sangue, são fundamentais as campanhas de sensibilização para a necessidade das doações de sangue, principalmente neste momento em que o país enfrenta as consequências da grave crise sanitária.

“Com o Junho Vermelho, realizado em âmbito nacional, esperamos que mais pessoas possam despertar para a importância das doações de sangue. Milhares de pacientes que estão em tratamentos clínicos, especialmente os oncológicos e transplantes, além dos pacientes com Covid-19 necessitam desse gesto solidário, e fazem com que as doações sejam ainda mais urgentes”, diz Eli.

Para que os estoques se mantenham em um nível confortável, são necessárias 70 doações diárias, porém, desde o início do ano, a unidade vem enfrentando um déficit de 40% em seus estoques sanguíneos.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

No período da fase emergencial restritiva que se estende até 6 de junho, o Banco de Sangue estará funcionando todos os dias, com exceção do domingo, das 7h às 18h, recebendo os doadores com todos os protocolos de higiene e segurança contra a Covid-19.

foto arquivo

A unidade informa ainda que, neste mesmo período, em que os estoques podem chegar a níveis ainda mais críticos, estará disponibilizando transporte gratuito para os doadores que precisarem e, para solicitar, basta entrar em contato pelo WhatsApp: (16) 99607-4245.

Recentemente o Banco de Sangue de Ribeirão Preto mudou de endereço e está agora na Rua Quintino Bocaiúva, 975, a apenas 50 metros do antigo local. O novo ambiente dispõe de uma infraestrutura ampla, em um espaço exclusivo para acolher o doador de sangue com o mesmo carinho, agilidade e atenção, atendendo de segunda a sábado, das 7h às 18h.

O Banco de Sangue de Ribeirão Preto segue rigorosamente todos os protocolos contra a Covid-19 e mantém boas práticas preventivas para o enfrentamento ao coronavírus.

Requisitos básicos para doação de sangue:

• Apresentar um documento oficial com foto (RG, CNH, etc.) em bom estado de conservação;

• Ter idade entre 16 e 69 anos desde que a primeira doação seja realizada até os 60 anos (menores de idade precisam de autorização e presença dos pais no momento da doação);

• Estar em boas condições de saúde;

• Pesar no mínimo 50 kg;

• Não ter feito uso de bebida alcoólica nas últimas 12 horas;

• Após o almoço ou ingestão de alimentos gordurosos, aguardar 3 horas. Não é necessário estar em jejum;

• Se fez tatuagem e/ou piercing, aguardar 12 meses. Exceto para região genital e língua (12 meses após a retirada);

• Se passou por endoscopia ou procedimento endoscópico, aguardar 6 meses;

• Não ter tido gripe ou resfriado nos últimos 30 dias;

• Não ter tido Sífilis, Doença de Chagas ou AIDS;

• Não ter diabetes em uso de medicações;

• Aguardar 48h para doar, caso tenha tomado a vacina da gripe, desde que não esteja com nenhum sintoma.

❗ Consulte nossa equipe em casos de hipertensão, uso de medicamentos e cirurgias.

arquivo

Critérios específicos para o CORONAVÍRUS:

• Candidatos que apresentaram sintomas de gripe e/ou resfriado devem aguardar 30 dias após cessarem os sintomas para realizar doação de sangue;

• Aguardar 48h para doar, caso tenham tomado a vacina Coronavac/Sinovac e 7 dias caso tenha tomado a Astrazeneca ou a Pfizer;

• Candidatos que viajaram para o exterior devem aguardar 30 dias após a data de retorno para realizar doação de sangue;

arquivo

• Candidatos à doação de sangue que tiveram contato, nos últimos 30 dias, com pessoas que apresentaram diagnóstico clínico e/ou laboratorial de infecções pelos vírus SARS, MERS e/ou 2019-nCoV, bem como aqueles que tiveram contato com casos suspeitos em avaliação, deverão ser considerados inaptos pelo período de 14 dias após o último contato com essas pessoas;

• Candidatos à doação de sangue que foram infectados pelos SARS, ERS e/ou 2019-nCoV, após diagnóstico clínico e/ou laboratorial, deverão ser considerados inaptos por um período de 30 dias após a completa recuperação (assintomáticos e sem sequelas que contraindique a doação).

Serviço:

Banco de Sangue de Ribeirão Preto

Endereço: Rua Quintino Bocaiúva, 975 – Vila Seixas

Telefones: (16) 3977-5900 | WhatsApp: (16) 99702-0830

Atendimento: das 7h às 18h, de segunda a sábado

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Nogueira esqueceu? Site e redes sociais da prefeitura não fizeram qualquer menção a data

Prefeitura não programou qualquer evento, não fez menção a data, simplesmente não lembraram a data.

São Sebastião: Quem foi, porque é padroeiro de Ribeirão Preto

São Sebastião, o protetor de Ribeirão Preto, cuja data é celebrada nesta quarta-feira (20), é o santo protetor contra a fome, as guerras e as epidemias.

O Papa Francisco critica a prática de tratar Pets como filhos

O papa Francisco fez um apelo, nesta quarta-feira, para que pais e mães adotem crianças, e disse que “vivemos uma época de orfandade notória”.

Depois de vacinação em massa Serrana tem recorde de casos desde o inicio da pandemia

Se após 3 doses a cidade tem números maiores do que antes da vacinação, para o que serviu a vacina? Doria garantiu.

Aluno de academia morre por mau súbito.

As UPAs lotadas com gripe e corona depois de picada em massa, agora já estamos com uma pandemia pouco falada, mas será com frequência. Os efeitos.
- PUBLICIDADE -