InícioSaúdeFundação Santa Lydia implanta novo conceito de atendimento em saúde

Fundação Santa Lydia implanta novo conceito de atendimento em saúde

Conceito inovador de gestão em saúde diminuiu tempo de espera por atendimento

- continua após a publicidade -

A Fundação Hospital Santa Lydia se tornou gestora das unidades de pronto atendimento de Ribeirão Preto em abril de 2018, trazendo o conceito inovador de gestão em saúde, o que diminuiu consideravelmente o tempo de espera por atendimento.


Com a adoção das classificações de risco, instalação de laboratório de análises clínicas, atendimento em psicologia, serviço social e interconsulta psiquiátrica, o tempo médio de atendimento, que figurava em cinco horas, passou para estimados uma hora e 30 minutos. O tempo de permanência dos pacientes nas unidades, que figurava em média de seis horas, também teve redução e passou para duas horas e 20 minutos, ou seja, o atendimento completo, que levava em média 11 horas, hoje é feito em cerca de três horas e 50 minutos.


A gestão das unidades de saúde estabelecida entre parceria da Prefeitura e Fundação Hospital Santa Lydia, conforme estipulado no contrato, prevê produtividade e cumprimento de metas qualitativas e de produção, avaliados trimestralmente pela Secretaria Municipal da Saúde.


Pensando na segurança do paciente, a taxa de recoleta de exame foi reduzida de 68% para menos de 10%, os exames de sangue têm o resultado em uma hora, em média, e a estrutura de todos os ares-condicionados foi trocada, assim como cadeiras médicas e de pacientes, além da instalação de bebedouros novos e modernos.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -


Em 2020, a Fundação Santa Lydia se viu em um novo desafio: o enfretamento da COVID-19. Foi, então, criado o Polo Covid-19 na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Treze de Maio e a Fundação assumiu a gestão do Hospital Municipal Francisco de Assis, que tem o objetivo de aliviar o segmento terciário liberando leitos para pacientes Covid-19.


Além disso, o Hospital Santa Lydia criou área exclusiva para pacientes Covid-19 Adulto, sendo necessário até o fechamento do centro cirúrgico para abertura de leitos de UTI. Em agosto de 2020, a Fundação inaugurou a gestão da UPA Norte e, em novembro, a gestão da UPA OESTE.

divulgação

Fundação Santa Lydia opera com superávit
No primeiro ciclo do contrato de gestão, a Fundação devolveu aos cofres públicos R$ 5,6 milhões e, pela primeira vez na história, as contas da Fundação Hospital Santa Lydia, de 2018, foram aprovadas sem ressalvas.


Além da economia e da qualidade aplicada com o serviço de excelência, a Fundação assumiu, em maio de 2019, a UBS Cristo Redentor, onde aplica os mesmos preceitos de gestão e segurança dos pacientes. No final do segundo ciclo dos contratos, a Fundação devolveu aos cofres públicos R$ 4,1 milhões.


A nova gestão da Fundação Hospital Santa Lydia assumiu a instituição em 2017, com um déficit de quase R$ 10 milhões ao ano, antes da intervenção judicial.

divulgação

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Cerca de 40 mil pessoas não retornaram para receber a segunda dose da vacina contra Covid-19

Dados são Vigilância Epidemiológica, que conclama a população a procurar os postos de vacinação e manter o controle da doença

“Concertos Internacionais” apresenta homenagem a Astor Piazzolla

Concerto será transmitido no dia 23 de outubro, às 19h, como parte das comemorações de 91 anos do Theatro Pedro II

Nogueira quer que você receba agua do Rio Pardo nas torneiras

Hoje a agua do DAERP é do aquífero guarani, uma agua mineral será substituída por aguas do Rio Pardo. Você aprova esta mudança?

Atenção: Alerta para tentativa de golpe contra aposentados

Instituto de Previdência orienta beneficiários a não informar dados pessoais ou bancários

Ditador Moraes manda prender e extraditar Allan dos Santos

Se não estamos vivendo em uma ditadura do judiciário, o que se compara com atitudes destes loucos? Maduro, Chaves, Alexandre de Moraes...
- PUBLICIDADE -