InícioSaúde"Divergências": Chefe de pesquisa da CoronaVac pede demissão do Butantan.

“Divergências”: Chefe de pesquisa da CoronaVac pede demissão do Butantan.

O médico trabalhava no Instituto Butantan desde 2011 e foi o responsável por chefiar e conduzir os testes e pesquisas clínicas das vacinas contra a covid-19 CoronaVac e Butanvac.

- continua após a publicidade -

O médico e diretor de pesquisa clínica do Instituto Butantan, Ricardo Palacios, pediu demissão hoje do laboratório paulista após uma “reestruturação” anunciada pela direção.

Segundo o instituto, “houve uma reestruturação na área de ensaios clínicos. Diante disso, o então diretor, Ricardo Palacios, pediu afastamento do cargo”.

CoronaVac é apresentada pelo Governador João Dória.

O laboratório não deu detalhes sobre a reestruturação e disse que ainda não há decisão sobre quem será o substituto do cientista porque a área de pesquisa clínica será “redesenhada” para um novo formato — sem detalhar também o que mudará, De acordo com o Butantan, o processo aconteceu “dentro da normalidade, sem nenhum prejuízo ao departamento ou aos estudos que estavam sob a responsabilidade do cientista”.

Palacios foi o responsável por chefiar e conduzir os testes e pesquisas clínicas das vacinas contra a covid-19 CoronaVac e Butanvac.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O médico trabalhava no Instituto Butantan desde 2011, quando entrou no laboratório paulista para ajudar no desenvolvimento de uma vacina contra o H1N1.

Colombiano nascido em Bogotá, ele estudou medicina na Universidad Nacional de Colombia em 1995. Veio para o Brasil em 2002 para dar sequência aos trabalhos como pesquisador na Universidade Federal de São Paulo.

No país, também fez especializações na área biomédica na USP (Universidade de São Paulo).

arquivo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Anvisa alerta sobre risco de miocardite e pericardite pós-vacinação

A Anvisa informa que os Estados Unidos (EUA) relataram a ocorrência de casos de miocardite (inflamação do músculo cardíaco) e de pericardite (inflamação do tecido que envolve o coração) após a vacinação

Campeonato Esportivo movimenta mais de mil alunos das escolas municipais

Cirem será realizado até a 2a quinzena de dezembro

Assistência Social realizará “V Caminhada Mulher Maravilha” neste domingo

Evento promovido pelo NAEM acontece em referência aos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres

Projeto Guri está com inscrições abertas

Crianças e adolescentes de seis a 18 anos podem aprender a tocar um instrumento musical, sem a necessidade de conhecimento prévio

Fogos de artifício: veterinário explica como proteger os animais durante as comemorações

Especialista explica as possíveis reações dos pets e o que pode ser feito para amenizar o pânico e transtornos causados pelas explosões
- PUBLICIDADE -