InícioSaúdeDicas de nutri para o aproveitar o verão

Dicas de nutri para o aproveitar o verão

O verão chega e com isso a temporada dos churrascos na piscina, happy hour com os colegas de trabalho depois do expediente e gente bonita na praia

- continua após a publicidade -

Luana Rocha, chef funcional e nutricionista da Cyber Cross, explica o efeito do álcool no organismo

O verão chega e com isso a temporada dos churrascos na piscina, happy hour com os colegas de trabalho depois do expediente e gente bonita na praia consumindo bebidas alcoólicas aumentam neste período. Mas o ritmo intenso de consumo deste produto pode trazer consequências desagradáveis para o organismo de forma geral. 

O prejuízo imediato do excesso de álcool no organismo é caracterizado por desconforto abdominal, dor de cabeça e nas articulações, inchaços no rosto e nos membros. Dor na boca do estômago, azia, náuseas e vômitos podem ocorrer pela inflamação aguda gástrica, chamada de gastrite alcoólica. Mas um dos mais prejudicados é o fígado.

A chef funcional e nutricionista Luana Rocha, da Cyber Cross, misto de clínica e academia que engloba, em um mesmo local, médicos, nutricionistas, fisioterapeutas, profissionais de educação física, além das mais avançadas tecnologias e inovações para a saúde e bem-estar, reforça que o álcool sobrecarrega o metabolismo e pode gerar excesso de ferritina, marcador inflamatório que gera intoxicação hepática. No verão, o risco de desnutrição é ainda maior e aumenta a procura por dietas de desintoxicação para amenizar os exageros das férias.

“O álcool ingerido é rapidamente absorvido no estômago e intestino delgado. Cerca de 20% ficam circulando no sangue e outros 80% são encaminhados para o fígado, para serem metabolizados”, aponta a nutricionista da Cyber Cross. Ela explica ainda que o fígado tem uma capacidade máxima de metabolização de cerca de dez gramas de álcool por hora, o equivalente a uma taça de vinho, uma lata de cerveja ou 50 ml de bebida destilada. “Vale destacar que enquanto o álcool não é metabolizado, circula na corrente sanguínea. Quanto maior a concentração, maior o efeito no cérebro”, lembra Luana Rocha.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Luana Rocha destaca que com três taças de vinho, três latas de cerveja ou 150 ml de qualquer bebida destilada, a reação do álcool no cérebro inibe a produção de ADH, hormônio responsável por controlar o volume de água eliminado na urina. 

arquivo

“Com esse processo os rins deixam de reter água, fazendo a produção de urina aumentar consideravelmente. As idas ao banheiro aumentam cada vez mais, e a quantidade de água liberada na urina é maior que a ingestão da mesma consumida com as bebidas alcoólicas. Tudo isso misturado gera e leva à desidratação corporal”.

De acordo com a quantidade ingerida de álcool, o corpo continua forçando a eliminação da substância por horas, considerada tóxica pelo organismo. Enquanto esse processo é realizado, diversos subprodutos são liberados, e dão a sensação de ressaca. “Como cada dez gramas demoram uma hora para serem metabolizadas, é possível que a ressaca se estenda até o dia seguinte à bebedeira”, avisa a nutricionista.

“Por isso sempre aviso para todos que é muito importante manter-se hidratados, intercalando um copo de bebida alcoólica, com um copo de água. Se de antemão souber que vai ingerir álcool, faça uma refeição antes e evite beber em jejum. E o principal, apreciar essas bebidas com muita moderação”, completa Luana Rocha.

Conectada, sustentável, inclusiva; criada para promover qualidade de vida sustentável. Venha conhecer a melhor e mais inovadora e tecnológica academia/clínica do país. Siga a Cyber Cross no Instagram: https://www.instagram.com/cybercross.oficial/ ou conheça seu website oficial: https://cybercross.com.br/

foto arquivo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Valor bloqueado de manifestantes sobe para R$ 18,5 milhões

A Justiça Federal autorizou hoje (21) novos bloqueios de bens de suspeitos de financiar os atos que resultaram na depredação dos prédios dos Três Poderes...

José Dirceu propõe reestruturar papel dos militares no Brasil

Militares precisam voltar para os quartéis e sair de órgãos do governo, sugere. José Dirceu de Oliveira e Silva, ex-ministro da Casa Civil de Lula,...

Lula quer endurecer penas para crimes ‘contra a democracia’

O Ministério da Justiça e Segurança Pública trabalha em uma proposta para endurecer as punições para crimes “contra a democracia”. O projeto, ainda a...

Lula nomeia novo comandante do Exército; Saiba quem é o General Tomás

O governo federal anunciou na tarde deste sábado (21) que o general Tomás Miguel Ribeiro Paiva é novo comandante do Exército. O ex-comandante Militar...

General demitido por Lula reúne Alto Comando do Exército

Objetivo é anunciar a decisão do presidente de demiti-lo
- PUBLICIDADE -