InícioSaúdeComo lidar com uma eventual broxada?

Como lidar com uma eventual broxada?

Matéria direcionada ao publico adulto: E se você, pequeno gafanhoto, ainda não passou por isso, não se vanglorie – sua hora vai chegar.

- continua após a publicidade -

Quem nunca broxou durante o sexo, que atire a primeira camisinha usada.

A diferença é que homens não conseguem fingir excitação.

Ela está bem evidente ali, medida em centímetros de ereção. Dá para ver se tudo está fluindo às mil maravilhas. E, quando algo atravanca o processo, o organismo denuncia na hora.

Homens são muito cobrados a demonstrar virilidade diante de uma “fêmea no cio”. Broxadas são ridicularizadas, como se fosse atestado de incompetência. Felizmente, esses conceitos estão cada vez mais ultrapassados. Para mim, incompetência na cama é não se dedicar ao prazer do outro ou simplesmente desrespeitar sua vontade.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

De fato, é bem chato frustrar o próprio desejo, o desejo da parceira.

Mas não temos tudo o que queremos a todo o momento. Quando alguma ocasião não é propícia, tentamos em outro momento. Na hora que o tesão bater, pode ser ainda melhor.

Qualquer um está sujeito a broxar, vez ou outra.

E se você, pequeno gafanhoto, ainda não passou por isso, não se vanglorie – sua hora vai chegar. Não precisa ter medo, a não ser que a situação se torne frequente (aí é melhor procurar um médico). Quando rolar, não tenha vergonha. E siga as dicas abaixo para lidar com a situação:

foto arquivo

1# Dê atenção ao prazer dela

Não é porque você broxou que a garota também perdeu todo o tesão. Então se ela continua com fogo no corpo, não vá deixá-la na mão. Por mais que você não se divirta tanto em tentar fazê-la gozar nessas horas, é o mínimo de consideração que pode ter por ela. E por mais que seu pau esteja fora da jogada, você ainda tem boca e mãos – pode fazer muita coisa para lhe dar prazer. Experimente bolinar sua parceira enquanto diz coisas sacanas ao seu ouvido, para ver como ela fica louca.

2# Vá pegar um copo d’água

Após satisfazer a parceira, tirar o foco da situação e pensar em outra coisa vai ajudar a relaxar. Levantar-se, beber algo ou mesmo comer uma fruta, ligar a tevê, assistir filme agarradinho, são atitudes que podem ajudar nessa hora. Depois, se a excitação voltar, que seja naturalmente. Em situações assim, forçar a barra não costuma funcionar.

3# Evite desculpas esfarrapadas

Pode ser que o impulso inicial seja dizer: “Isso nunca me aconteceu antes”. Como se essa frase batida pudesse afirmar sua virilidade. Acontece que essa reação só deixa a situação mais constrangedora. Assim como ficar resmungando que bebeu demais, quando você só tomou duas doses de vodka. Controle sua vontade de dar justificativas estúpidas.

4# Abra o jogo com ela

A mulher provavelmente vai querer saber se ela fez algo de errado. E pode ser que ela tenha mesmo feito. Nessas horas, tenha tato para dizer o que houve, a não ser que realmente não tenha batido a química – aí não precisa esculhambar a garota, basta não procurá-la de novo. Da mesma forma, diga se estiver estressado com alguma outra coisa. Porém, se estiver abalado de saudade por alguma ex, melhor dizer apenas que seu emocional não anda bem. E tente compensar da próxima vez.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

STF julga liberação de crininosas para prender manifestantes de 8 de janeiro

Vão soltar criminosas para sobrar lugar para prender senhoras que se manifestavam dentro da constituição e acreditaram em um capitão e alguns generais

As críticas do New York Times a Moraes

O jornal norte-americano New York Times voltou a falar sobre o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Uma reportagem publicada neste domingo, 22,...

5 depredações da esquerda contra o patrimônio público

“Nunca vocês leram alguma notícia sobre um movimento ou partido de esquerda invadir o Congresso Nacional, a Suprema Corte ou o Palácio do Planalto”,...

Valor bloqueado de manifestantes sobe para R$ 18,5 milhões

A Justiça Federal autorizou hoje (21) novos bloqueios de bens de suspeitos de financiar os atos que resultaram na depredação dos prédios dos Três Poderes...

José Dirceu propõe reestruturar papel dos militares no Brasil

Militares precisam voltar para os quartéis e sair de órgãos do governo, sugere. José Dirceu de Oliveira e Silva, ex-ministro da Casa Civil de Lula,...
- PUBLICIDADE -