InícioRegiãoSão Joaquim da BarraEquipes pedagógicas de São Joaquim da Barra participam de 2ª aula sobre...

Equipes pedagógicas de São Joaquim da Barra participam de 2ª aula sobre Inclusão e Autismo

Atividade foi ministrada por Samira Andraos, vice-presidente da Comissão dos Direitos da Pessoa com Deficiência da OAB-SP

- continua após a publicidade -

Professores, profissionais que atuam na Educação Infantil, coordenadores pedagógicos e estagiários da rede municipal de ensino de São Joaquim da Barra participaram, no dia 2 de março, no Teatro “Arthur Parada”, de aula sobre Educação Inclusiva e Autismo. Esta foi a segunda atividade de um total de 15 que acontecerão durante todo o ano de 2020.

            A palestrante foi a advogada Samira Andraos, vice-presidente da Comissão dos Direitos da Pessoa com Deficiência da OAB-SP (Ordem dos Advogados do Brasil – São Paulo). O curso é fruto de uma parceria construída, em 2019, pelo reitor do Centro Universitário, dr. Oscar Luiz de Moura Lacerda, junto ao prefeito de São Joaquim da Barra, Marcelo Mian.

            A primeira etapa da parceria aconteceu, em outubro do ano passado, com a palestra – para cerca de 200 pessoas – “Educação Inclusiva: Dos Primórdios aos Tempos Atuais com a Inclusão do Aluno Autista em Sala de Aula”. Naquele momento, a atividade foi realizada por Samira Andraos e pela professora Carla Damasceno, presidente do Nuace (Núcleo de Acessibilidade do Moura Lacerda).

            Além do reitor do Centro Universitário, também estiveram presentes na segunda aula sobre Educação Inclusiva e Autismo a assessora de Educação do município, Rosmeire Benedito Mariano, e a diretora de Educação Especial da cidade, Luciana Aparecida Guimarães Dezem.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Uma escola livre de rótulos

            Daniela Batista da Piedade é coordenadora da Creche Dr. Antônio Martorano II, no bairro Júlio de Lollo, em São Joaquim da Barra. Segundo a educadora, por conta do desconhecimento, a população ainda rotula os estudantes com deficiências, como o autismo, como pouco capazes.

            “O curso possibilitado pelo Moura Lacerda auxiliará a mudar este cenário. É preciso começar a ver as pessoas com um olhar mais humano. Os professores precisam mesmo de palestras com estes temas para que tenham condições de resolver as questões que surgirem em sala de aula”, completou Daniela Piedade.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Tribunal de Justiça abre concurso para para 845 vagas de Escrevente

Certame disponibiliza oportunidades entre diversas localidades do estado; veja como participar

Dois lotes de parques municipais serão administrados por iniciativas privadas

Gestão e encerramento do contrato (até cinco anos de contrato com a possibilidade de prorrogação por mais cinco anos).

Ribeirão Preto estende abertura do comércio a partir desta sexta-feira, dia 30

Medida se antecipa ao Plano São Paulo. Veja como ficam os horários.

GCMs realizam doação de sangue em Ribeirão Preto

Ação contribuiu com o estoque de sangue do hospital São Lucas; tipos O-, O+ e A - são os mais críticos, com menos da metade das bolsas necessárias

Brasil gera 309 mil empregos formais em junho

Governo deve lançar programas para inclusão de jovens no mercado
- PUBLICIDADE -