Início Região São Joaquim da Barra Equipes pedagógicas de São Joaquim da Barra participam de 2ª aula sobre...

Equipes pedagógicas de São Joaquim da Barra participam de 2ª aula sobre Inclusão e Autismo

Atividade foi ministrada por Samira Andraos, vice-presidente da Comissão dos Direitos da Pessoa com Deficiência da OAB-SP

- continua após a publicidade -

Professores, profissionais que atuam na Educação Infantil, coordenadores pedagógicos e estagiários da rede municipal de ensino de São Joaquim da Barra participaram, no dia 2 de março, no Teatro “Arthur Parada”, de aula sobre Educação Inclusiva e Autismo. Esta foi a segunda atividade de um total de 15 que acontecerão durante todo o ano de 2020.

            A palestrante foi a advogada Samira Andraos, vice-presidente da Comissão dos Direitos da Pessoa com Deficiência da OAB-SP (Ordem dos Advogados do Brasil – São Paulo). O curso é fruto de uma parceria construída, em 2019, pelo reitor do Centro Universitário, dr. Oscar Luiz de Moura Lacerda, junto ao prefeito de São Joaquim da Barra, Marcelo Mian.

            A primeira etapa da parceria aconteceu, em outubro do ano passado, com a palestra – para cerca de 200 pessoas – “Educação Inclusiva: Dos Primórdios aos Tempos Atuais com a Inclusão do Aluno Autista em Sala de Aula”. Naquele momento, a atividade foi realizada por Samira Andraos e pela professora Carla Damasceno, presidente do Nuace (Núcleo de Acessibilidade do Moura Lacerda).

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

            Além do reitor do Centro Universitário, também estiveram presentes na segunda aula sobre Educação Inclusiva e Autismo a assessora de Educação do município, Rosmeire Benedito Mariano, e a diretora de Educação Especial da cidade, Luciana Aparecida Guimarães Dezem.

Uma escola livre de rótulos

            Daniela Batista da Piedade é coordenadora da Creche Dr. Antônio Martorano II, no bairro Júlio de Lollo, em São Joaquim da Barra. Segundo a educadora, por conta do desconhecimento, a população ainda rotula os estudantes com deficiências, como o autismo, como pouco capazes.

            “O curso possibilitado pelo Moura Lacerda auxiliará a mudar este cenário. É preciso começar a ver as pessoas com um olhar mais humano. Os professores precisam mesmo de palestras com estes temas para que tenham condições de resolver as questões que surgirem em sala de aula”, completou Daniela Piedade.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Ribeirão Preto deve ir para fase verde caso o deus de calça justa não mude as regras

Com o novo anormal, qualquer migalha oferecida pelos governantes são motivo de agradecimento.

Congresso de Líderes Cristãos terá uma nova edição com o tema “É tempo de superar”

Nos dias 02 a 05 de dezembro, em dois horários, às 09h da manhã e às 19h30min., terá uma nova edição do  Congresso de...

Aumento de restrições: Golpe armado para um dia após as eleições.

Comitê contra Covid-19 do governo de SP recomendou aumento de restrições.

Crime: Doria diz que vacina chinesa pode ser aplicada mesmo sem aval da Anvisa

O Instituto Butantan não entregou o resultado de nenhuma fase de pesquisa clínica com seres humanos para a Anvisa.

Hard Rock Cafe Ribeirão Preto traz objetos icônicos de artistas em exposição permanente

Entre os destaques estão instrumentos musicais originais de bandas como Pearl Jam, Kiss, Paul McCartney e Deep Purple