InícioRegiãoSão Joaquim da BarraCDHU assina contrato para a construção de 164 moradias em São Joaquim...

CDHU assina contrato para a construção de 164 moradias em São Joaquim da Barra

- continua após a publicidade -

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) assina, na noite desta terça-feira (2/10), contrato com a empresa Prisma Barretos Engenharia e Construções Ltda. para a execução de obras e serviços de engenharia na construção de 164 novas casas do Conjunto Habitacional São Joaquim da Barra D, na região administrativa de Ribeirão Preto. O investimento da CDHU para a viabilização das moradias, infraestrutura e urbanização é de R$ 10,5 milhões.

Trabalho desde 2015 – Na região administrativa de Ribeirão Preto, foram 1.868 Habitações de Interesse Social (HIS) entregues. Outras 1.265 estão em obras. Essas unidades representam R$ 153,2 milhões em investimentos pelos dois braços operacionais da Secretaria de Estado da Habitação – CDHU e Agência Casa Paulista.

SERVIÇO
Assinatura de Contrato São Joaquim da Barra D
Data: 2/10/2018
Horário: 20h
Local: Centro de Convivência do Idoso – Praça Ivo Vanucchi

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Nós já avisamos que aconteceria: 72 casos de hepatite sem motivos no Brasil

Análises reúnem pacientes de dois meses a 16 anos; principais sintomas apresentados são pele e olhos amarelados, febre, vômito e dor abdominal. É só o começo dos efeitos da picada

Maior investidor da bolsa brasileira alerta: “Magazine Luiza vai quebrar”

Quem lacra lucra? : Lulista Magazine Luiza esta sentindo falta das tetas do governo e pode Quebrar. Triste

O nosso adeus a Miguel Liporassi

Ribeirão Preto perde Miguel Liporassi: Não era polêmico nem agressivo, era respeitado pela qualidade, voz e equilíbrio nos comentários. E pela postura com os colegas, leal, ficava longe das intrigas de bastidores.

PREVISÕES DO TAROT EM JULHO DE 2022

As previsões para Julho de 2022, trazem transformação nas finanças, amor, relação familiar

Vice de Lula tem novamente bens bloqueados pelo Ministerio Publico

Justiça Eleitoral determina bloqueio de R$ 11,3 milhões em bens de Geraldo Alckmin no caso Odebrech
- PUBLICIDADE -